5 passos para abrir sua empresa em BH

4 de dezembro de 2019Como abrir uma empresa em Belo Horizonte

5 passos para abrir sua empresa em bh

“Cansei de trabalhar para os outros! Quero algo meu… Que me motive… Que me faça alcançar meus sonhos e objetivos…” Esse é seu pensamento atual? Que bom! Isso significa que seu lado empreendedor está aflorado e você já está um passo a frente em busca de seus objetivos.

Aí, decidiu dar uma googlada para saber o que fazer, certo? Pois bem… Vamos começar pensando na localização em que seu negócio: BH. Sua escolha, caso já tenha realmente se decidido, foi assertiva. Belo Horizonte é, atualmente, a segunda cidade mais rápida para realizar esse processo de abertura de empresa.

Um ponto a seu favor, meu caro. Além disso, BH é a quarta cidade mais rica do Brasil abriga uma população estimada em mais de 2.5 milhões de pessoas. Um dos maiores centros financeiros do país, Belo Horizonte é caracterizada pela predominância do setor terciário em sua economia, além de ser considerado um dos sete municípios brasileiros com melhor infraestrutura. Ou seja, Belo Horizonte é o melhor local para iniciar seu empreendimento.

Agora, nos pormenores que envolvem o processo de abertura, né?!

Pois bem… Abrir uma empresa realmente demanda certo investimento em tempo e estudo, mas acima de tudo, capacidade gerencial e monitoramento constante do negócio. Ou seja, você, como novo empreendedor do mercado, precisa se dedicar um pouco para que esse início ocorra da forma mais tranquila e certinha possível.

O que acaba acontecendo é que, muitas pessoas, na hora de oficializar o empreendimento, ficam com medo desse esforço inicial que envolve a burocracia e acabam atuando na ilegalidade. Porém, isso pode apresentar muitos riscos, e suas consequências são desmotivadoras – ou seja, não compensa.

Então, para te dar a mão e andar contigo nesses primeiros passos, montamos um guia simples com 5 itens. Uma espécie de checklist para o início do seu negócio. Vamos lá?

1 – Planeje-se

 Toda empresa que almeja o sucesso precisa saber planejar tudo direitinho. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir uma empresa, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado etc. A depender desses fatores, pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

2 – Escolha sua atividade

Seria, basicamente, segmentar a atividade que pretende fazer. Existem apenas três distinções:

Prestação de Serviços;

Industria;

Comércio.

Nosso conselho é dar uma checada na tabela Atividade Econômica do IBGE, de forma detalhada, e verificar a atividade exata que será exercida pela sua empresa.

3 – Natureza jurídica

Essa parte vai determinar qual o regime jurídico que sua nova empresa vai se enquadrar. Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

MEI – empresa constituída de apenas uma pessoa (no caso, você);

SOCIEDADE LIMITADA – reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços;

SOCIEDADE SIMPLES – os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões;

SOCIEDADE ANÔNIMA – a sociedade não gira em torno de um capital social em si, mas, se divide em ações;

EIRELI – também formada por apenas uma pessoa. Mas, no caso da Eireli, o capital que gira não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

Existem outros tipos jurídicos, como Sociedade de Advocacia, que podem ser uma opção conforme a necessidade de cada empreendedor. O ideal, aqui, é fazer uma pequena pesquisa para verificar qual mais se adequa à realidade de sua nova empresa.

4 – Separe os documentos!

Para organizar tudo bonitinho, corre na papelaria da esquina e já compra uma pastinha para esses documentos. Mas, calma! Não são tantos… Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em Belo Horizonte são simples.

Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

5 – Legalize!

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a Receita Federal e a Junta Comercial e é iniciado o processo de abertura. Lembre-se que existem outras pessoas passando por esse processo também, logo, é necessário um tempo para análise assertiva.

A aprovação leva de 3 a 5 dias úteis após o envio, significando que você já terá o número do CNPJ. Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura. No total, a média para completar esse processo é de 7 a 10 dias.

Em BH existe a Análise Prévia da Viabilidade de Localização

Como estamos pensando em uma localidade em especifico, existe um adendo: para abrir empresa em Belo Horizonte, é necessário também realizar a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.

Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.

Não se esqueça de conversar com um contador para averiguar se tudo está sendo feito de forma certinha, para que, futuramente, você não tenha problemas por ter esquecido algo.

Nossa dica final, então, é: escolha um contador para chamar de seu! Ele poderá analisar o regime tributário, auxiliar na separação de documentos, no plano de negócios etc. Ou seja, pode se tornar um grande e valioso amigo.

Gostou? Deixe nos comentários!

Quer saber mais?

Como evitar problemas na abertura de empresas em Belo Horizonte

Abertura de empresa: conheça os benefícios de legalizar e saiba como fazer!

Empresa de contabilidade ensina como deixar de ser MEI para ser microempresa

Procure uma contabilidade estratégica ou uma empresa especializada em abertura de empresas. Hoje somos parceiros da Rede Legalizar, que é uma empresa que possui autoridade no que se diz a serviços de Legalização de Empresas e Paralegal.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99967-7662

 

Solicite um orçamento

Quer saber mais?

Baixe o Guia do eSocial Previsa clicando acima no banner ou aqui: https://materiais.previsa.com.br/guia-efd-reinf

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.com.br/blog

11 Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *