Como funciona uma holding Familiar?

3 de novembro de 2020 Como funciona a holding familiar
Compartilhe

Você já deve saber que existem diferentes formas de administrar um patrimônio, dentre eles, temos a “holding” – uma simples palavra que vem do verbo inglês “to hold” que significa manter – saiba como funciona uma holding Familiar!

Sendo assim, Holding é o tipo de organização que permite que uma empresa e seus diretores controlem ou exerçam influência em outras empresas (subsidiárias). São vários os tipos de Holding e neste artigo abordaremos um em especial: a Holding Familiar.

Administrar melhor a sua sucessão patrimonial

Muito utilizada por famílias que querem organizar e administrar melhor a sua sucessão patrimonial, a holding familiar é um tipo de empresa mais comum do que se imagina. Muitas das grandes empresas familiares presentes no mercado, por exemplo, funcionam sob essa modalidade.

Mas, o que, exatamente, é uma holding familiar? Vamos esclarecer agora.

Como notamos no início de nossa conversa, é classificada como holding a empresa que possui a maioria das ações de outras empresas e detém o controle de sua administração e políticas empresariais. Portanto, holdings investem o patrimônio e quotas ou ações de outras sociedades.

Pensando especificamente na modalidade “familiar”

Focamos em uma empresa que detém o controle patrimonial de uma ou mais pessoas físicas de uma mesma família com bens e participações societárias em seus nomes. Em outras palavras, o patrimônio é gerenciado e administrado por uma sociedade composta pelos membros da família.

Sabe aqueles filmes com grandes organizações familiares? Eles representam um pouco desse universo da holding familiar.

Quando é necessário tomar decisões referentes a esse patrimônio

Bom, um pouco diferente do que nos ensinou “O Poderoso Chefão”, no caso real de uma holding familiar, todas as decisões relacionadas a questões patrimoniais devem ser tomadas por meio de deliberações sociais com o envolvimento dos sócios.

No que diz respeito à administração, ao funcionamento, e outros aspectos, cabe à holding (enquanto pessoa jurídica e sócia majoritária de outras empresas da família) tomar as decisões. Quanto a sua constituição, a holding familiar costuma ser uma sociedade limitada e pode ser classificada como pura ou mista:

A Holding Familiar Pura

É criada para ser somente a controladora. Isso significa que seu objetivo social será o da administração de bens e sociedade.

A Holding Familiar Mista

É também a controladora, mas adicionalmente exerce exploração de outras atividades empresariais.

Uma curiosidade interessante é que a principal holding familiar do mundo é a estadunidense Walmart, com 2,3 milhões de funcionários em 11 mil lojas no mundo. Já no Brasil, também existem uma série de empresas familiares que optam em se tornar holdings.

Um pouco sobre suas vantagens da holding familiar

Muitas vezes se diz que uma holding familiar é formada apenas para organizar a sucessão patrimonial entre os herdeiros da família.

Isso acontece porque este modelo é muito utilizado para preservar valores de um negócio e evitar o pagamento excessivo de impostos na transmissão de bens e direitos.

Aumentar os lucros

Ou seja, uma das maiores vantagens da criação de uma holding familiar é que a diminuição da carga tributária. Isso porque, através do grupo, é possível criar um planejamento tributário. A holding permite a elisão fiscal, tornando possível reduzir a carga tributária e aumentar os lucros. E qual empresário não tem o sonho de princesa de reduzir impostos, não é mesmo?

Mais de uma holding

Outra vantagem é que uma pessoa ou empresa pode ter mais de uma holding. Há vários casos que uma empresa é detida por mais de uma holding. Isso porque muitos grupos separam as empresas por área de atuação ou atividade.

Planejamentos

E não paramos por aí! Uma holding familiar ainda possui as seguintes vantagens:

  • Planejamento Financeiro;
  • Planejamento Tributário;
  • Blindagem patrimonial; e
  • Planejamento sucessório.

Ou seja, tudo aqui é muito vantajoso para sua empresa (e o patrimônio de sua família).

Um pouco sobre as  desvantagens da holding familiar

Como nem tudo são flores, precisamos esclarecer que existem (sim) algumas desvantagens. Seriam:

Excesso de capitalização

O capital da holding e de suas subsidiárias podem ser agrupados, o que pode resultar em excesso de capitalização. Nesse caso, os acionistas não obteriam um retorno justo sobre seu capital investido.

Fraude

Existe a possibilidade de manipulação fraudulenta de contas.

Exploração de subsidiárias

A holding pode explorar as empresas subsidiárias. As filiais podem ser compelidas a comprar bens a preços elevados. Elas podem ser forçadas a vender seus produtos para a holding com preços muito baixos.

Manipulação

Informações sobre subsidiárias podem ser usadas para ganhos pessoais. Por exemplo, as informações sobre o desempenho financeiro das empresas subsidiárias podem ser utilizadas indevidamente para fins de especulação.

Concentração do poder econômico

Concentração de poder econômico nas mãos de quem administra a holding.

Monopólio secreto

Os monopólios secretos podem tentar eliminar concorrentes e impedir a entrada de novas empresas. Além disso, consumidores podem ser explorados pagando preços abusivos nas mercadorias.

Gerência

Uma vez que a holding tenha uma participação majoritária em várias empresas, a administração pode ter conhecimento limitado na indústria, operações e decisões de investimento da empresa controlada. Essas limitações podem resultar em decisões ineficazes.

Mas, não deixe que isso atrapalhe seus planos! Conforme vimos, um dos principais objetivos para a criação de uma Holding Familiar estão nas esferas fiscal e/ou societário.

Objetivos da Holding Familiar sobre os aspectos fiscais

  • Redução da carga tributária;
  • Planejamento sucessório;
  • Retorno de capital sob a forma de lucros e dividendos sem tributação.

Objetivos da Holding Familiar sobre os aspectos societários

  • Crescimento do grupo;
  • Planejamento e controle;
  • Administração de todos os investimentos;
  • Aumento de vendas e gerenciamento de interesses societários internos.

Importante destacar que o sucesso de uma holding familiar está também relacionado a como a empresa gerencia seus números financeiros e como o grupo familiar lidera sua equipe. Por isso, como em qualquer negócio, é primordial que a holding tenha uma Gestão Orçamentária bem elaborada.

Existem vários modelos e Metodologias de Gestão Orçamentária, utilizados pelas mais diversas organizações. Saber qual o mais adequado à Holding Familiar é fundamental para obter sucesso com a adoção.

E aí? Curtiu? Esperamos ter sanado suas dúvidas!

Até a próxima!

Quer saber mais sobre como funciona uma holding Familiar?

Contabilidade para holding: conceitos e suas vantagens

Por que a sucessão familiar é sempre um desafio?

Entenda o que é holding familiar, patrimonial, imobiliária e suas vantagens

Precisa de ajuda? Entre em contato!

Estamos preparados para conversar melhor contigo sobre as suas ideias.

Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua empresa. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100 WhatsApp: +31 97196-0369

 

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *