Indústria 4.0 – Perspectivas do futuro por uma Contabilidade para Indústria

10 de setembro de 2021Contabilidade para indústria

A 4ª revolução industrial já está chegou e está dominando todos os setores de produção, e nós, Contabilidade para indústria, já estamos acompanhando as mudanças. E, mesmo que você não perceba, ela certamente faz parte da sua rotina, tanto do âmbito pessoal como profissional.

Chamada de Industria 4.0, ela tem sido prioridade em países desenvolvidos, já que possibilita economizar recursos, reduzir tempo de fabricação e ainda aumentar o estoque de fábricas. Sem contar que os estudos de dados ficam mais acurados, uma vez que as informações são coletadas em tempo real como baixo índice de erro.

Mas, se você ainda está se perguntando o que é essa tal de Industria 4.0, vamos explicar antes de abordar a situação atual e as perspectivas para o futuro dessa revolução.

O que é Indústria 4.0?

Sempre que surge uma nova revolução industrial, é sinal de que os processos que envolvem o setor tiveram sua metodologia atualizada. O período é sempre marcado pelo desenvolvimento tecnológico e criação de novos meios de manufatura. Esse fenômeno ocorreu entre os séculos XVIII e XIX, quando surgiram as máquinas e a energia humana foi substituída pela energia motriz.

Em resumo, revolução industrial ocorre quando as ferramentas utilizadas para realizar o trabalho são substituídas por outras mais modernas, ágeis e precisas.

A revolução que estamos experimentando neste século, claro, está ligada aos avanços tecnológicos proporcionados pela internet e a gama de dispositivos eletrônicos. Ferramentas de automação; troca, armazenamento e tratamento de dados; customização; aumento da produtividade são uns dos benefícios da Industria 4.0.

Entre as principais tecnologias dessa revolução estão:

  • Inteligência Artificial: a máquina interpretando informações diversas para a tomada automática de decisão e ação.
  • Computação em Nuvem: armazenamento de dados, instalação de sistemas, hospedagem de servidores, redes, entre outros serviços disponíveis de forma remota.
  • Big Data: análise de dados com grande volume de informações e de alta complexidade, impossíveis de serem coletados e interpretados com trabalho humano.
  • Cyber Segurança: softwares e hardwares treinados para identificar ameaças ao banco de dados e sistemas interligados.
  • Internet das Coisas: objetos que se conectam a outros por meio de uma infraestrutura específica, permitindo a interação entre eles.
  • Robótica Avançada: dispositivos capazes de reagir fisicamente com pessoas através de uma base de dados de sensores.
  • Manufatura Digital: uso de ferramentas de simulação que cria definições de manufatura e o próprio produto ao mesmo tempo.
  • Manufatura Aditiva: fabricação de produtos a partir de software de modelagem tridimensional.
  • Integração de Sistemas: conexão de diferentes sistemas de computação com o objetivo de analisar o processo produtivo de forma abrangente.
  • Sistema de simulação: criação de modelos digitais que simulam interações complexas com o objetivo de imitar o mundo real.
  • Digitalização: transformação do processo de produção e desenvolvimento de modelos de negócios para aumentar a eficiência.

Benefícios da Indústria 4.0

Pela lista de tecnologias apresentadas é possível elencar algumas vantagens da revolução do século XXI. De acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), empresas que utilizam essas ferramentas tecnológicas conseguem aumentar, em média, 22% sua capacidade produtiva. Esse índice pode ser alcançado por para empresas de qualquer ramo e porte e ramo, inclusive Contabilidade para indústria.

Ao investir em tecnologia, as organizações se modernizam e passam a contar com um novo modelo de negócio que age de forma autônoma e está integrado ao objetivo da empresa. Com as operações sendo concluídas com mais agilidade e flexibilidade, reduz-se a possibilidade de erros. Resultado é o controle maior dos processos e mais lucratividade.

O mercado de trabalho também se beneficia com a Indústria 4.0. Com o aumento das ferramentas tecnológicas e processos digitais, será necessário criar cargos até então inexistentes. Segundo a previsão da CNI, cerca de 30 novas profissões devem surgir, abrangendo os níveis técnico e superior.

Entre os benefícios da Indústria 4.0, podemos citar:

  • Melhora na produção e oferta de serviço;
  • Aumento da produtividade
  • Maior da competitividade;
  • Possível redefinição dos setores da atividade econômica;
  • Surgimento de novas profissões;
  • Maior cooperação entre os agentes econômicos;
  • Ampliação da escala de negócios.

Importante salientar que, ao mesmo tempo em que o mercado demandar novas profissões relacionadas ao setor digital, alguns cargos podem deixar de existir, uma vez que poderão ser substituídos por máquinas, dispositivos e sistemas.

Atual situação da Indústria 4.0 no Brasil

Países desenvolvidos que utilizam a tecnologia a favor da manufatura estão em outra fase da 4ª Revolução Industrial. Estados Unidos, China, Israel, Alemanha e Coreia do Sul, por exemplo, já implementaram os processos digitais e têm como prioridade o desenvolvimento de novas tecnologias baseadas em Inteligência Artificial, digitalização, Internet das Coisas e tratamento de dados.

No Brasil, menos de 5% das empresas já operam baseadas na Indústria 4.0. Para muitas, a transição será um desafio, já que requer investimento em equipamentos, softwares, treinamentos, além da adaptação aos novos processos digitais.

A Indústria 4.0 requer maturidade administrativa para que a empresa e os empresários possam enfrentar as mudanças sem prejudicar o modelo de produção atual. Contudo, as organizações que entrarem no fluxo da revolução estarão bem à frente das demais, com estrutura definida e processos alinhados.

Perspectiva para a Indústria 4.0

Apesar das dificuldades que as empresas de menor porte irão enfrentar, a implementação da Industria 4.0 tende a ser positiva para o Brasil como um todo. Estima-se que, até o ano de 2030, o PIB deve ser impactado em US$ 39 bi.

Com a melhoria na infraestrutura, o país pode alcançar ganhos de US$ 210 bi, além de reduzir custos com manutenção em até 40% e diminuir o consumo de energia de 10% a 20%. As áreas que sofrerão maior impacto são as indústrias farmacêutica e de alimentos, agroindústria, energia, construção civil, logística e tecnologia da informação.

Um processo que levará alguns anos para ser concluídos, mas que será decisivo para o mercado econômico brasileiro, esta é uma esperança desta Contabilidade para indústria.

Como funciona a terceirização do financeiro para Indústria

Nesse contexto entra o BPO com a terceirização dos processos contábeis, tributários e administrativos, abrindo o leque para que mais empresas possam se beneficiar com a descentralização das atividades.

Saiba mais sobre Contabilidade para indústria

Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua empresa. Já estamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE para indústria tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência de contabilidade para empresas de tecnologia.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *