Redução de riscos ao empreender

14 de maio de 2019 Riscos ao Empreender

Redução de riscos ao empreender

Por Leonardo Michael

Ser empresário é o objetivo de quem deseja seu próprio negócio, ter prosperidade financeira e realizar seus sonhos, concorda? Mas, na gestão de uma empresa, acontecem inúmeras situações que envolvem riscos ao empreender, e para lidar com isto, coragem torna-se fundamental para arriscar e conviver com obstáculos.

Trata-se de uma aposta da qual poderá advir consequências positivas e negativas e, neste sentido, para diminuir o risco desta aposta a equipe da Previsa Contabilidade, com vasta experiência em atendimento consultivo, lista quais são as ocorrências recorrentes na gestão empresarial, indicando soluções para que você se previna.

Capital de giro/reserva de recursos

Geralmente levará alguns meses para que seu negócio obtenha lucro e, até que isto ocorra, as despesas serão custeadas com recursos financeiros dos sócios. Se você tem intenção de empreender o primeiro passo é se preparar para essa hipótese de complementar despesas da empresa com seu próprio patrimônio.

Ao explorar uma atividade econômica do ramo comercial é prudente controlar o giro do estoque, provisão de recursos financeiros para compras a curto, médio e longo prazo, fazer uma programação da logística dos produtos, estudar a possibilidade de perecimento, qual cliente alvo.

Estudo tributário

Ter uma Contabilidade competente e confiável é um requisito importante para começar bem, por que ela indicará qual a melhor opção de regime tributário sua atividade econômica poderá se enquadrar.

Quando não se tem um planejamento para o melhor enquadramento tributário, é possível que a alta carga tributária tenha grande impacto no recolhimento dos tributos causando uma oneração excessiva que pode, em alguns casos, inviabilizar o seu negócio.

Encargos trabalhistas

Gasto com folha de pagamento comprovadamente se trata da maior despesa operacional, após a Lei da reforma trabalhista e da implementação do e-Social, a apuração quanto a não aplicação de direitos e normas trabalhistas se tornou mais rigorosa, e mais célere. Costumamos orientar que se uma despesa tiver que ser inevitavelmente postergada, que não seja esta a que envolva encargos e pagamento de salários, visto os riscos de ações trabalhistas serem relevantes.

Uma forma de diminuir riscos pelo não cumprimento de obrigações trabalhistas é fazer uma provisão financeira mensal efetuando depósitos numa espécie de poupança estratégica com finalidade de se constituir fundos para efetuar pagamentos indenizatórios rescisórios, principalmente daqueles empregados que acumularem muito tempo de vínculo empregatício.

Outra dica é recomendada para quando a empresa alcançar sustentabilidade, gerir pessoas é uma tarefa difícil e demanda tempo, como também estar atento a diversas obrigações que decorrem de normas trabalhistas que podem passar desapercebidas, podendo causar penalidades pecuniárias e, para evita-las, a contratação de um profissional para gerir a área de Recursos Humanos torna-se extremamente necessário.

Confusão patrimonial

A função primordial da Contabilidade é registrar os fatos jurídicos contábeis que acontecem nas empresas, ao registrar estes fatos identificamos ocorrências que podem afetar a veracidade das demonstrações contábeis, como o balancete, balanço e demonstração do resultado do exercício.

A situação mais recorrente é a confusão patrimonial onde se misturam o patrimônio da empresa com o dos sócios, neste caso um exemplo comum é o pagamento de contas pessoais com receitas da empresa. Para que não aconteça este problema as retiradas de recursos devem obedecer alguns procedimentos, elas podem ser feitas desde que documentadas, citamos algumas soluções, como a retirada pró-labore (salário do sócio), distribuição de lucro ou empréstimo a sócio.

O empréstimo a sócio pode ser feito mediante a um recibo simples quando são indicados qual o sócio, valor retirado e data do evento, estes recibos devem ser anexados a documentação contábil para que haja identificação e controle destes fatos nas devidas contas contábeis.

Além de informações imprecisas geradas pela confusão patrimonial a pratica continuada deste evento ocasiona um grande problema ao realizar o fechamento das apurações, ter mais despesa do que receita, fazendo com que as contas do ativo caixa e bancos fiquem credoras. Misturar despesas pessoais com as empresariais é um fator pelo qual muitas empresas fecham as portas, porque resultados inverídicos vão se acumulando e se perde-se o controle de várias áreas da empresa, principalmente o financeiro.

Envio mensal e regular de documentação para contabilização

O envio regular da documentação para a Contabilidade, compreende notas fiscais, pagamentos de despesas de forma geral, extratos bancários ou informações em meio digital. Por não enviar esses dados na devida periodicidade o empresário corre o risco de não ter seus tributos devidamente calculados principalmente no regime tributário de apuração do Lucro Real , onde as possibilidades de lucro ou prejuízo afetam os resultados, e os tributos a serem calculados.

Compra/venda sem documento fiscal

Com o desenvolvimento na implantação das declarações eletrônicas que compõe o SPED (Sistema público de Escrituração digital) os cruzamentos fiscais estão ainda mais eficientes, por meio da tecnologia é possível rastrear operações mesmo que sejam interestaduais entre contribuintes.

Um cruzamento fiscal que tem se destacado são as vendas e prestações de serviço pagas com cartão de crédito, isto ocorre devido as administradoras de cartão de crédito informarem diretamente os fiscos estaduais e municipais as operações mensais feitas pelos contribuintes, que não acobertam essas operações com documento fiscal, sonegando tributos, consequentemente atraindo malha fiscal.

O município de Belo Horizonte está sendo um exemplo de fiscalização intensiva pelo não recolhimento de ISSQN(imposto sobre serviços), nos serviços prestados pagos na função crédito e não acobertados por nota fiscal. O uso da tecnologia tem aprimorado a eficácia das malhas fiscais, neste sentido a Secretaria da fazenda não fica para trás, a partir do mês Fevereiro/2020 mais um documento fiscal manuscrito será extinto em Minas Gerais, a nota fiscal de consumidor série D, popularmente conhecida como a nota fiscal de balcão será substituída pela NFC-e (Nota fiscal de Consumidor eletrônica), fazendo com que as informações de venda a varejo sejam recebidas instantaneamente pelo fisco.

Não se adaptar as mudanças

É preciso constantemente se adaptar as inovações tecnológicas, investimento em aprimoramento técnico em pesquisa, estudo e planejamento, este conjunto de requisitos são necessários para não ser surpreendido com o risco do fim de uma atividade econômica. Uma dica valiosa é investir na área de divulgação e visibilidade, mesmo que seja um pequeno empreendimento uma homepage na internet é fundamental para dar identidade e confiabilidade a uma empresa.

Conclusão

Estas foram dicas de forma geral que acontecem no dia a dia das empresas, a Previsa Contabilidade existente no mercado há 40 anos com renomados profissionais está habituada em identificar e solucionar situações ainda mais especificas que podem trazer riscos a sua empresa, entre em contato conosco para uma consultoria em redução e eliminação de riscos.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99967-7662

 

Solicite um orçamento

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: http://previsa.com.br/contato

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.co

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *