Como evitar o fechamento de Bares e Restaurantes

25 de setembro de 2019 Evitar fechamento de restaurante
Compartilhe

Como evitar o fechamento de Bares e Restaurantes

 Você abriu seu restaurante dedicando suor, sacrifício, bom gosto e bastante fome. Certo? Mas, agora, um receio que permeia seus pensamentos diários é: e se fechar? Calma! Hoje, vamos exatamente conversar sobre pequenas dicas que podem evitar o fechamento de seu negócio. Vamos lá?

Primeiramente, é importante você ter em mente que ainda vivenciamos uma época de crise em nosso país. Estudos comprovam que, nos últimos 4 anos, uma média de 25% dos bares e restaurantes da nossa região metropolitana (BH) encerraram suas atividades e tristemente fecharam suas portas. Porém, isso não deve ser algo para te amedrontar: basta trabalhar sua coragem, sua persistência e, como primeira dica, tenha calma. Seu restaurante, claramente, não precisa fazer parte desse percentual.

Mas, se não é para “botar medo”, por que começamos nossa conversa de hoje falando sobre estabelecimentos que não deram certo? Para que você entenda o contexto do mercado atual (e saiba se posicionar frente a tudo que permeia a vida de empreendedor. Logo, com foco nisso, vamos entender o fechamento em massa de bares e restaurantes hodiernamente.

Obstáculos que os empreendedores têm enfrentado

Um dos motivos, além da grande leva de desemprego (que obriga com que as pessoas gastem menos com deliciosos pratos de restaurantes como o seu), é o caráter cíclico dos empreendimentos de alimentação fora do lar na capital mineira, que passaram por pelo menos dez grandes ondas na última década.

Problemas com alvará e multas por excesso de barulho também são obstáculos que os empreendedores têm enfrentado. Pensando nisso, vamos para a segunda dica de hoje: mantenha a documentação de seu restaurante em dia e, caso seu negócio esteja em um bairro residencial, selecione com cautela o volume do seu som.

Mas, sendo BH o “point” dos bares e restaurantes, como manter as portas abertas nesse mar alimentício?

Calma, meu caro! Vamos analisar dois tópicos diferentes:

1 – MODA

O mercado alimentício, assim como tantos outros, segue tendências de moda específicas. Puxe pela memória a quantidade de espetinhos, food trucks, casas de bolo etc que fizeram parte de seu caminho no decorrer de sua vida. Em cada época, um tipo de estabelecimento era mais tendencioso de aparecer em cada esquina das nossas ruas e, com o passar dos tempos, iam fechando suas portas com as “alterações da moda”.

Agora, por exemplo, enquanto conversamos aqui, a grande tendência são as saladarias (basta entrar nos grandes shoppings de BH para ver que há, ao menos, um restaurante especializado em saladas acalentando o coração fitness dos consumidores).

O grande problema da moda é que, após uma enxurrada de novos estabelecimentos abertos, vem a saturação e, consequentemente, o fechamento dos negócios.

2 – BARULHO

Um pouco acima, no decorrer de nossa conversa, já comentamos da questão de “baixar o som” de seu estabelecimento. Mas, optamos por abordar um pouco mais sobre isso uma vez que se trata de um problema enfrentado por boa parte dos bares e restaurantes de Belo Horizonte: as temidas multas por excesso de barulho.

Um exemplo que você mesmo já deve conhecer é a nossa famosa avenida, um dos maiores corredores de bares belo horizontinos e, também, dona das maiores reclamações. Com o passar do tempo, tais reclamações ficaram insustentáveis e vários estabelecimentos fecharam as portas ou foram vendidos. O motivo? Barulho.

Sobre isso, de acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), o número de vistorias nos estabelecimentos com foco na altura do som (e no incômodo causado) teve um pequeno aumento desde o ano de 2016, se mantendo estável posterior a isso. Em 2018, por exemplo, o órgão fiscalizador recebeu 9.130 reclamações por excesso de barulho. Os valores das multas variam conforme a gravidade, podendo ir de R$ 150,02 a R$ 18.791,79 (muita grana, não é mesmo?).

Ok! Você chegou até aqui e deve estar com a seguinte pergunta em sua cabeça: e agora? O que eu faço?

Você, como qualquer outro empreendedor que optou por abrir um estabelecimento alimentício, precisa tomar alguns cuidados. O primeiro deles é sempre realizar pesquisas de mercado e ficar de olhos abertos às novas tendências. Se seu estabelecimento é voltado para uma tendência de moda atual, faça algumas projeções futuras para ter certeza que seu segmento não chegou ao auge.

Se você, hoje, tem uma saladaria, por exemplo, ofereça diferencias (atendimento, uma receita secreta de molho, aconchego, bons sucos etc). Algo que cative seu cliente a ponto de, independentemente da quantidade de saladarias que abriram no mercado, a sua é especial e ele não trocaria por nada.

Outra dica é sempre manter seus conhecimentos (e estudos) em dia no que tange a legislação de seu setor. Na dúvida, converse com seu contador (e torne-o seu braço direito), buscando sempre adequar o investimento que vocês já planejaram (e projetaram) aos impostos e custos mínimos do empreendimento.

Nossa última dica de hoje, mas, não menos importante, é: domine seu negócio!

Entenda toda a parte financeira (mas, não abra mão de seu contador), deixe seu marketing bem profissional (já pensou em contratar uma agência?), saiba gerir pessoas (e cuide com carinho de sua equipe) e dê funções certas para pessoas certas.

Com isso, simplifique! A grande maioria das empresas (sendo elas restaurantes ou não) acabam fechando suas portas por não optarem por ações simples e eficientes.

Entendendo sua gestão financeira, calcule o seu risco! Isso acaba sendo uma característica de grandes empreendedores, que acabam, sempre, enxergando oportunidades, dentro de uma necessidade (não apenas de tendências de mercado). Foque seu restaurante em algo que faz parte do anseio do seu público e que te cative.

Como frase/dica bônus, gostaríamos que você terminasse sua leitura de hoje com foco na seguinte frase: “pense e aja fora da caixa”. Para tanto, pegue a chave, abra o portão, vá para a rua e tente conversar com o máximo possível de empresários, visite empreendimentos, busque exemplos… Nenhum empreendedor do mundo, por mais poderoso e repleto de sucesso que seja, agiu completamente sozinho. Logo, faça uma boa pesquisa de mercado e busque, sempre, manter suas portas abertas.

Desejamos sucesso!

 

Guia de Sucesso para bares, restaurantes e lanchonetes

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

 

Solicite um orçamento

Quer saber mais?

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: http://previsa.com.br/contato

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.com.br/blog

 

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *