Como se tornar o braço direito do empreendedor brasileiro

4 de abril de 2019 Seja o braço direito do Gestor

Como se tornar o braço direito do empreendedor brasileiro

Uma nova empresa “veio ao mundo”…. Que lindo! Parabéns ao feliz proprietário! Agora, como de praxe, principalmente pensando em uma empresa de pequeno porte, as principais decisões serão de responsabilidade do empreendedor (afinal, trata-se de uma empresa “menor de idade” e precisa ter suas decisões centralizadas ao seu “responsável legal”).

Porém, com o passar do tempo, com o crescimento desse empreendimento, a necessidade que o proprietário vê em ter alguém que o represente em algumas demandas, para gerir esse negócio em franca ascensão, crescerá na mesma proporção. Chegou o momento de escolher um “gerente de loja”, um “parceiro”, alguém de confiança… Um braço direito.

A pessoa que vier a ocupar tal função será responsável, diretamente, pelo rendimento da empresa, auxiliará o proprietário a tomar decisões quanto às estratégias de ações, ajudará no tratamento com a equipe… Enfim, será quem representa o empreendedor enquanto o mesmo pode focar em novos horizontes para seu negócio.

Postura desse profissional deverá ser singular e de extrema confiança

Atuar como gestor de uma unidade de negócio (lidando com toda demanda de funções administrativas para gerir uma empresa) não é tarefa simples! Frente a um posto tão importante, a postura desse profissional deverá ser singular e de extrema confiança. Pois bem, é pensando nisso que estamos aqui hoje: nosso intuito é dar a você algumas dicas para se tornar o braço direito do empresário. Está preparado? Então, continue lendo!

Pois bem, em primeira instância, é importante pensar que, para ocupar um cargo de tamanha importância, é necessário garantir o funcionamento do negócio de acordo com as regras e estratégias previamente estabelecidas pelo proprietário. Logo, seu dever é conhecer tais regras. É muito interessante dar dicas para o crescimento da empresa, porém, é de suma importância manter a empresa com “a cara do dono”. É importante, dessa forma, se enquadrar nos valores e princípios da empresa.

Pense assim: você se sentiria à vontade trabalhando em algum local que possui uma conduta que você não considera ética? Pois bem… Não se sentindo à vontade, conseguiria gerir tal empresa com maestria? Talvez não, certo? É necessário estar de acordo com a conduta adotada na empresa, sendo, inclusive, um exemplo de atitudes para toda a equipe presente na empresa. Promovendo, inclusive, o crescimento de todos. Afinal, vocês (além do próprio empreendedor) são a imagem da empresa no mercado.

Conhecimento mais aprofundado e técnico do produto

É de suma importância que você possua conhecimento mais aprofundado e técnico do produto (ou serviço) ofertado pela empresa e do público alvo. Partindo o exposto anteriormente, lembre-se que é essencial que o empreendedor se sinta à vontade para que você possa gerir o negócio. Sendo assim, ter total conhecimento sobre a empresa te colocará em um local de destaque. Afinal, você precisa ser apto para cuidar dos recursos materiais e da equipe da empresa. Se preparar para tal função é mais que necessário!

Aliás, no que tange o gerenciamento da equipe, lembre-se que o braço direito do proprietário usualmente coordena o desempenho de seus funcionários (avalia resultados – individuais e em grupo -, realiza feedbacks reforçando aspectos positivos e auxiliando na melhoria dos aspectos negativos, reorienta – sempre que necessário -, verifica necessidade de capacitação etc – sempre alinhando com o proprietário as atitudes e estratégias necessárias para a evolução da equipe e melhoria do trabalho). Isso nem sempre é tarefa fácil.

Você precisa ser empático e profissional.

Resumo para crescer na empresa e se tornar o braço direito do empreendedor

Em um pequeno resumo, você estará apto para crescer na empresa e se tornar o braço direito do empreendedor (auxiliando no crescimento do negócio frente ao competitivo mercado) quando:

  1. Tiver conhecimento de tudo que tange o negócio e os clientes;

  2. Tiver competências de liderança que garantam a segurança do proprietário (tais como: boa comunicação, empatia, profissionalismo, saber ouvir, ter pró atividade, assiduidade, apresentação pessoal e atenção ao cliente etc);

  3. Tiver postura de dono (apenas assim o negócio irá prosperar).

Ou seja, a liderança vai além de um “cargo”. Trata-se de um papel a ser exercido com primor e com foco no crescimento da própria empresa. Afinal, em caso de crescimento do negócio onde reside seu trabalho, fatalmente, você crescerá junto. Essa é exatamente a visão do braço direito do proprietário.

Os resultados da empresa devem ser coletivos

Um fato muito importante: tenha em mente que os resultados da empresa não devem ser vistos não apenas como fruto de um compêndio de atos individuais, mas, sim, como a somatória dos desempenhos em equipe. Com foco em objetivos em comum. Equipe que você geriu com sapiência.

Como um último ponto, ao contrário do que é exposto por muitos, lembre-se que todos exercemos os papéis de liderança diariamente (em grande ou pequena escala). Tais atos vão diretamente de encontro ás situações a que somos expostos e ao perfil de cada um de nós. Ou seja, todos somos aptos, de certa forma, a ser o tão sonhado braço direito. Apenas precisamos trabalhar nossos pontos fortes e fracos com sabedoria.

Isso faz com que você auxilie o empreendedor, independentemente do seu “status”. Desde o mais simples funcionário até o grande e “inalcançável” presidente têm capacidade para exercer cargos de confiança e auxiliar no crescimento da empresa.

Seja alguém que merece total confiança do proprietário

Um grande líder e, consequentemente, alguém que merece total confiança do proprietário da empresa para gerir em sua ausência, é aquele funcionário que facilita o “brilho” de toda a equipe. Que auxilia o desenvolvimento de todos, constantemente, e, primordialmente, percebe a importância de todos no grande sistema em que estão inseridos. Afinal, o crescimento é em conjunto…. Nunca sozinho!

Dessa forma, se seu desejo é se tornar alguém de suma importância e de total confiança por parte do proprietário da empresa em que trabalha, dê duro e desenvolva suas competências. Independentemente de suas atribuições, busque sempre a excelência.

Tenha o seguinte pensamento: melhorando, progressivamente, 1% a cada dia, ao fim do ano, você terá atingido um índice de crescimento gigantesco. E isso, claramente, será reconhecido. Empreendedores brasileiros buscam profissionais como você. Acredite! Confie!

Você é um profissional capaz de realizar grandes feitos com foco na evolução da equipe e, consequentemente, da empresa. Seja muito bem vindo à liderança!

 

Leia também:

Canvas: o que é e como potencializar sua estratégia?

Você já conhece o SPIN Selling a melhor técnica de vendas do momento?

Marketing para pequenas empresas: Estratégico x Operacional

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99967-7662

 

Solicite um orçamento

Quer saber mais?

Baixe o Guia do eSocial Previsa clicando acima no banner ou aqui: https://materiais.previsa.com.br/guia-efd-reinf

 

ebook EFD-REINF

Baixe o Guia do eSocial Previsa clicando acima no banner ou aqui: https://materiais.previsa.com.br/guia-esocial

 

Baixe o guia do eSocial Previsa

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: http://previsa.com.br/contato

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.com.br/blog

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *