Contabilidade para comércio varejista e atacadista

14 de setembro de 2021

A Contabilidade para empresas de comércio varejista e atacadista tem como principal objetivo organizar as questões tributárias que influenciam no financeiro de empresas dos mais diversos áreas de atuação. É a contabilidade que permite  regularizar a situação cadastral e analisar os tributos e planejar os que devem ser quitados. Porém, mesmo com a meta em comum, o trabalho se diferencia de acordo com a área de atuação da empresa.

A contabilidade para indústrias possui algumas características que não fazem parte do processo contábil de empresas de prestação de serviço, por exemplo. Mesmo entre empresas do mesmo setor, é possível verificar as diferenças.

É o caso do comércio varejista e atacadista. Apesar de serem focados em venda de produtos físicos, a contabilidade ocorre de forma diferenciada em ambas. Isso porque, as obrigações acessórias, tributos, questões ligadas ao estoque e até a equipe de trabalho são distintos, o que requer conhecimento nas duas atividades.

Antes de falar sobre a contabilidade para comércio varejista e atacadista, vamos explicar melhor a diferença entre elas.

Diferença entre comércio atacadista e varejista

É de conhecimento de todos que a principal característica que diferencia comércio atacadista e varejista é o público atendido é a quantidade de mercadoria vendida. Enquanto o atacadista comercializa produtos em grande escala e vende para pessoa jurídica, em geral revendedores, o varejista vende poucas unidades para pessoas físicas, consumidor final.

O atacadista dispõe de uma variedade maior de produtos e, em alguns casos, chega a comercializar marcas diferentes para atrair os revendedores. Inclusive, alguns atacadistas são os próprios fabricantes.

Por vender em grande escala, conseguem reduzir o valor mercadoria. Toda transação do comércio atacadista deve ser acompanhada de nota fiscal contendo a lista de tributos e a alíquota correspondente.

Já o varejo é o comprador do atacadista e precisa repassar o valor pago pela mercadoria ao consumidor final. Ou seja, além do preço de compra, é necessário que o varejista considere outros gastos, como transporte e armazenamento, antes de definir o montante a ser cobrado.

Ciente das principais diferenças, é hora de entender como deve ser feita a contabilidade para as duas categorias de comércio.

 Contabilidade para comércio varejista e atacadista

Independente do formato, é muito importante que os gestores tenham um rígido controle dos tributos que devem ser pagos. A atenção precisa ser redobrada nos casos em que há uma grande variedade de produtos comercializados, já que podem ter tributações diferentes, principalmente se são originários de outros estados e países.

Esse passo é importante para que se possa manter os pagamentos em dia e garantir que os valores correspondem às alíquotas devidas. Aliás, esse é um assunto sensível, uma vez que a legislação está em constante atualização e nem sempre as regras são claras para o empresário que não tem conhecimento.

Esses são os principais tributos que devem ser pagos pelo comércio

  • COFINS (Contribuição Social sobre o Faturamento das Empresas);
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);
  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços);
  • INSS Patronal;
  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica);
  • PIS (Contribuição para o Programa de Integração Social).

Tributação Monofásica

É comum no comércio somente uma das partes arcar com determinados impostos, como ocorre com PIS e Cofins, tributos considerados monofásicos. Em geral, esses impostos são pagos pela indústria que originou o produto, ficando o varejista livre da cobrança. Nesse caso, ocorre a substituição tributária que, se não percebida, gera bitributação.

A contabilidade especializada em comércio varejista e atacadista vai saber identificar o caso e trabalhar para que o empresário não pague um tributo que já foi quitado. Apesar da Receita Federal disponibilizar uma lista de produtos de tributação monofásica, é preciso ter atenção, já que nem todos estão descritos e sua aplicação é complexa.

 Adequação de regime tributário

Além dos casos de bitributação, a contabilidade ainda pode analisar o regime tributário em que a empresa está enquadrada. Esse passo é importante para evitar o pagamento de tributos que não fazem parte do escopo. Além disso, a readequação do regime tributário pode, em muitos casos, reduzir legalmente as alíquotas que são deduzidas das empresas, reduzindo o déficit.

Controle orçamentário

Toda empresa, sem exceção, precisa ter o controle orçamentário se quiser prosperar e se manter no mercado de atuação. Essa é uma das tarefas mais importantes e deve ser feita de forma sistemática, diariamente. A partir daí, é possível não só perceber as falhas na administração como, também, criar um planejamento estratégico que vise o crescimento.

Nesse quesito, a contabilidade é essencial tanto para comércio varejista como atacadista. Ao manter o controle do fluxo de caixa, os profissionais poderão projetar o cenário com base em dados reais, tornando o planejamento viável.

Corte de gastos

Aumentar o faturamento vai muito além de incrementar as vendas. É possível ver os índices subirem com corte de gastos, inclusive em contas fixas como água, energia elétrica, telefone, internet e aluguel. Isso depende de um estudo minucioso da cultura de gasto da empresa e análise de consumo para determinar novos hábitos, solicitar descontos e, assim, pagar menos.

 Uso de softwares

Outra vantagem em contar com uma contabilidade para comércio varejista e atacadista é a possibilidade de ter os dados computados em softwares de gerenciamento. Isso contribui não só para agilizar os processos como para identificar problemas e facilitar a tomada de decisões.

Os programas podem ser usados tanto para gerenciar o caixa como para organizar o estoque. Além disso, geram uma base de dados atualizada, com informações personalizadas e em tempo real.

Com o setor financeiro, tributário, jurídico e de pessoal organizado, o empreendedor terá mais tempo para dedicar em ações de crescimento e controle de qualidade.

Saiba mais sobre Contabilidade

Ainda não possui uma contabilidade? Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua associação. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência de contabilidade para empresas de tecnologia.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *