Já pensou em contratar uma vovó para seu restaurante?

15 de julho de 2019 Contabilidade para Restaurante

Já pensou em contratar uma vovó para seu restaurante?

Pois é, meu caro empreendedor, alguém já teve essa ideia e colocou “avós” no cargo tão visado de “chef”. O intuito? Simples! Levar ao restaurante o melhor da comida caseira. E nós da Previsa, contabilidade para restaurante especializada, ficamos com água na boca, afinal, quem não sai da casa da avó de barriga “estufada” de tanto comer?

A ideia lhe agrada? Então, continue lendo esse artigo! Hoje, vamos contar um pouquinho sobre essa ideia que tanto nos ressaltou os olhos. Vamos lá!

Referências pessoais influenciam na percepção de valor

Primeiramente, gostaríamos que você se reportasse à sua infância… Suas férias escolares de julho (ou dezembro) e aquela visita à casa de sua avó. Hora do almoço… Cheirinho de “comida de vó”…

Então, deu água na boca? Pois é exatamente essa a ideia que o proprietário da Enoteca Maria teve: ao invés de investir em grandes chefs profissionais (formados nas mais renomadas escolas de culinária do mundo), ele procurou arduamente por avós de diferentes lugares.

E isso, meu amigo, foi a chave para o sucesso.

Uma busca por conforto gerou uma alternativa de sucesso

Certamente, o início da história, em si, não é muito feliz: Jody Scaravella, proprietário do restaurante, já tinha um pequeno restaurante (não muito renomado) e, após perder sua avó, mãe e irmã, ele tentou “remendar o buraco” aberto em seu coração e decidiu captar uma avó italiana para sua cozinha.

Veja que, em tese, segundo o próprio Jody, foi uma busca por conforto em um momento triste de sua vida.

Com o restaurante antigo em reforma, Jody publicou um aviso em um jornal local que dizia “donas de casa italianas querem cozinhar pratos regionais” e abriu a cozinha de sua casa para que as senhoras interessadas pudessem comparecer.

Contudo, essas modestas chefs domésticas começaram a surgir, trazendo maridos e netos, para pleitear uma possível vaga em um restaurante que estava em reforma. Algo pouco comum, certo?! Mas, foi exatamente assim.

Da comida italiana para o mundo: origem da Enoteca Maria

De um momento para o outro, uma busca por conforto fez com que a cozinha (e a casa) de Jody ficasse movimentada, cercada de avós procurando apresentar um prato tipicamente caseiro que fosse “aprovado” pelo próprio Jody e pela família que a acompanhava. Assim começaram a surgir as primeiras chefs de Jody.

Qual não foi sua surpresa ao notar que, com uma avó italiana apenas em sua cozinha, e um jogo de marketing ao anunciar a comida caseira, seu restaurante teve mais clientes que antes. Dessa forma, a ideia foi tomando nova forma: por que não expandir para novas culturas e etnias, adicionando pratos italianos e de outras partes do mundo?

Inesperadamente nasceu Enoteca Maria.

Presença de Vovós com receitas antigas de vários países

Atualmente, o restaurante conta com a presença ilustre de cozinheiras da Síria, Polônia, Venezuela, Equador, Turquia, França, dentre outras nações.

Se você quiser experimentar uma massa fresquinha (um bom nhoque, talvez?!), existe uma avó que pode preparar seu prato com muito carinho – com aquele toque caseiro que somente uma verdadeira avó sabe acrescentar em seus pratos.

Dessa forma, Enoteca Maria teve um sucesso (primeiramente em sua própria cidade e, posteriormente, com visão mundial), uma vez que possui, em seu cardápio, receitas antigas que passaram de geração em geração. Jody Scaravella ainda apresenta uma carta na manga: um livro com os 10 pratos favoritos de suas adoradas chefs avós.

Rotina de trabalho respeitosa para as nobres trabalhadoras da Enoteca

Primordialmente, antes que você questione a questão de trabalhar sendo uma idosa, acalme seu coração: as “avós” chefs do Enoteca Maria possuem horário flexível, não têm a pressão padrão de um grande restaurante e possuem todo o suporte da equipe de Jody para que o trabalho possa ser o mais tranquilo possível. Além disso, elas costumam levar seus familiares (marido, filhos e netos) para aproveitar das delicias do restaurante.

Cabe ressaltar que, como trata-se de algo “fora do padrão” dos restaurantes locais, Enoteca Maria acaba tendo uma procura relativamente alta. Primordialmente ao levarmos em consideração que boa parte dos cidadãos adultos sentem saudade de uma comidinha caseira, com gostinho de “casa de vó”.

Todavia, quando chega essa saudade, ao invés de procurar grandes restaurantes, nativos do local e turistas procuram o restaurante de Jody Scaravella para saciar essa nostalgia que mescla amor, sentimento de férias da infância e carinho.

A cozinha alia a nostalgia a pratos diferenciados

Decerto o estabelecimento está situado em Staten Island, em Nova York, mas, sua ideia corre o mundo como um exemplo de inovação e empreendedorismo. A base dessa ideia mostra aos demais empreendedores do mundo que não é necessário procurar por grandes (e caros) estabelecimentos para ter qualidade em um produto.

A ideia de Jody Scaravella mostra que quem adora cozinhar e é constantemente elogiado pelos pratos (como nossas avós) pode juntar lazer com trabalho e empreender na área. Obviamente, como você também bem sabe, é preciso ir além do “saber cozinhar”, mas, ter uma ideia que seja o seu diferencial fará uma grande diferença frente à concorrência.

Pensando em nossa culinária brasileira e mesclando à ideia de Jody, um empreendedor do ramo alimentício pode investir no bom e velho arroz com feijão, dupla sempre bem-vinda, e inovar criando um diferencial.

A chave do sucesso está em acreditar em ideias simples e “fora da caixa”

Conquanto, aquele medo de que não vá gerar um diferencial que dê frutos (e lucros) é muito normal. Mas, você deve ser ciência a chave do seu sucesso pode estar em uma ideia simples (porém, bem trabalhada).

Que tal fazer como Jody e pensar “fora da caixa”? Seu restaurante pode ter uma novidade simples (como culinária de avó), receitas diferentes (feitas de geração em geração) ou, até mesmo, um simples agrado a mais no atendimento ao cliente (o seu atendimento próximo pode ser a senha do seu sucesso).

Inspire-se em empreendedores como Jody, lembrando que o mercado de alimentação é um dos mais promissores do nosso país. Diversos empreendedores brasileiros estão lucrando alto ao oferecer soluções alimentícias para seus clientes.

Você acredita em Enoteca Maria brasileira?

Mas e você? Qual o seu diferencial? O que você gosta e acalenta o seu coração (e pode ser levado para seu restaurante para acalentar o coração de seu público?

Podemos pensar em algo que faça de seu estabelecimento um novo “Enoteca Maria Brasileiro”? Que tal utilizar essa história para se inspirar a fazer algo novo (ou tornar algo “velho” uma novidade do mercado)?

Muitas perguntas, não é mesmo? Nosso intuito é fazer você pensar um pouco sobre o assunto para levar inovação ao seu estabelecimento. Caso já tenha uma ideia inovadora, conte para a gente! Vamos compartilhar empreendedorismo para fazer com que o mercado de alimentação continue sempre crescendo e inovando.

 

Guia de Sucesso para bares, restaurantes e lanchonetes

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99967-7662

 

Solicite um orçamento

Quer saber mais?

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: http://previsa.com.br/contato

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.com.br/blog

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *