Planejamento estratégico: como fazer em 6 passos

15 de junho de 2016
Compartilhe

Com quase 40 anos de experiência em nossa empresa de contabilidade, temos hoje o Planejamento Estratégico como essencial. Este tornou-se uma poderosa ferramenta de gestão, responsável por identificar oportunidades de mercado, assim como indicar a realidade em que a empresa está inserida.

Devido sua importância nos negócios, saber como fazer um planejamento estratégico demonstrou ser a melhor maneira de alcançar objetivos necessários para superar os concorrentes, com a possibilidade de mensurar e acompanhar os resultados e driblar as adversidades financeiras.

Por essa razão, pensar de maneira estratégica significa relacionar as oportunidades externas a todas as condições internas presentes na empresa. No entanto, quando realizado de maneira inadequada, o planejamento pode oferecer resultados equivocados e comprometer o gerenciamento dos negócios de modo geral.
Por isso, para que sua empresa alcance os melhores resultados, confira passo a passo como fazer um planejamento estratégico!

Definição de objetivos

Descobrir qual a relevância do negócio para o mercado é o mesmo que atribuir um significado único para todas as tarefas operacionais que são desenvolvidas pela empresa. No entanto, antes de determinar os objetivos que precisam ser alcançados, toda organização precisa definir sua missão, valores e visão de futuro, e combinar todos esses elementos a rotina empresarial.

Neste ponto, os objetivos SMART são os mais indicados, por serem específicos, realistas, atingíveis e mensuráveis. Confira:

  • S (Específicos): formule os objetivos de forma precisa.
  • M (Mensuráveis): Os objetivos precisam ser medidos e analisados referente a valores e volumes.
  • A (Atingíveis): As metas precisam ser alcançáveis.
  • R (Realistas): Os objetivos não podem superar os meios.
  • T (Temporizáveis): Defina um tempo de duração para a realização de cada objetivo.

Analise o cenário interno e externo

Nesta etapa, para analisar o cenário interno a empresa precisa identificar seus pontos fortes e fracos, levando em consideração que os acertos estejam alinhados a elementos que sejam técnicos, financeiros, ou relacionados à infraestrutura, área de Recursos Humanos, entre outros que inclusive a sua empresa de contabilidade pode ajudar bastante.

A respeito do cenário externo, a empresa precisa analisar as informações de mercado a fim de identificar as possíveis ameaças e oportunidades existentes no mundo dos negócios. De modo geral, essas informações são relevantes para compreender como se dá os processos econômicos, sociais e políticos. Somente dessa maneira, a empresa poderá traçar ações estratégicas para superar possíveis influências externas.

Sua empresa pode realizar estes dados através da análise ambiental e SWOT. Para identificar quais são as forças, oportunidades, ameaças, fraquezas, entre outros elementos externos recorra as funcionalidades da análise ambiental. Já a análise SWOT, será possível investigar o cenário externo tendo como base o planejamento estratégico de uma empresa.

Definição de estratégias

As estratégias são necessárias em um planejamento estratégico, desse modo eles conseguem cumprir os objetivos estabelecidos pela empresa. Por esse motivo, cada ação precisa responder diretamente a uma meta sugerida pela organização, de modo que todas sejam possíveis de serem mensuradas e avaliadas ao longo do tempo. Para criar uma estratégia é necessário se questionar como o objetivo poderá ser cumprido, quais serão as ações necessárias que ajudarão a organização a alcançar as metas propostas.

Plano de ação

O plano de ação pode ser criado por comitês e grupos responsáveis pelo acompanhamento do planejamento estratégico. A principal função deste programa é analisar com atenção o desdobramento de cada estratégia traçada anteriormente, a fim de sugerir possíveis mudanças ou se informar apenas acompanhar o seu desenvolvimento.

Sobre isso, designe planos de ações com tabelas simples, o Kanban também pode ser uma ferramenta indispensável para distribuir as tarefas, assim como a tabela RACI, responsável por definir e delegar os papéis e suas responsabilidades.

Monitore o planejamento estratégico

O monitoramento é necessário não somente para acompanhar o planejamento estratégico, mas também para garantir que as empresas não retrocedam em suas atividades, inserindo práticas que não condizem com o que o foi planejado anteriormente.

Dessa forma, o monitoramento é um processo contínuo, por isso considere oferecer feedback’s diante dos resultados, analise todo seu andamento a fim de encontrar possíveis erros, defina um padrão de avaliação e proponha mudanças para corrigir  os desempenhos necessários.

Como mencionamos, saber como fazer um planejamento estratégico é essencial para o sucesso de qualquer projeto.

Para continuar recebendo conteúdos da sua empresa de contabilidade como esse, faça seu cadastro pelo link e fique por dentro das novidades do mundo empresarial!

Previsa - Baixe nosso eBook: Guia do Sucesso para Abertura de EmpresasFale com a Previsa

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *