Propósito de vida x Propósito Profissional! É possível realizar!

17 de junho de 2019 Propósito de Vida x Propósito Profissional
Compartilhe

Propósito de vida x Propósito Profissional! É possível realizar!

 Bem-vindo de volta, leitor assíduo! E você também, que acabou de chegar no nosso espaço. Hoje, vamos bater um papo rápido sobre as possibilidades em realizar os seus propósitos.

Meio papo de coach? Pois é! Mas, empresários de sucesso sabem delimitar seus propósitos e realiza-los de forma organizada e sem sufoco.

Como nossa meta é estar entre esse nicho de sucesso, estamos preparados para transformar nossos atos.

Vamos lá?

Primeiros passos: saber para onde deseja realmente ir!

Primeiramente, tenha em mente a seguinte premissa: “se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”. Atualmente, ter um propósito faz toda a diferença. E, quanto antes você descobrir o seu, melhor para ti e para sua empresa.

Tudo, meu caro, deve estar relacionado com a ideia de saber onde queremos chegar. Tem a ver com o propósito.

Hoje em dia, o propósito é um assunto que está voltando a ter lugar na pauta, na cabeça e nos nossos corações. A vontade, cada vez maior, de conseguir realizar ou conquistar algo está presente em grandes debates e torna a geração empreendedora atual bem promissora.

Então, pensando nisso tudo, em todos os debates atuais, no que pode estar passando pela sua cabeça enquanto lê esse artigo, retomamos a nossa pergunta do segundo parágrafo, com uma pitadinha de alteração: qual seu propósito de vida? Dedicar-se à família, construir uma carreira brilhante, viajar o mundo…?

Já parou para pensar quais são seus propósitos de vida e profissional?

Apesar de termos delimitado bem em nosso título a ideia de “pessoal x profissional”, a verdade é que estamos num momento tão fluido das relações que é praticamente inexistente essa separação de “vidas”.

A ideia empregada anteriormente em frases como “a vida começa quando eu saio do trabalho” acaba sendo substituída por coisas muito mais atraentes como “trabalho e vida são uma coisa só”. Afinal, você deseja ser feliz no seu trabalho, certo? É por isso que não basta encontrar propósito somente na sua vida pessoal ou profissional: tudo está conectado.

Cabe ressaltar que, aqui, não estamos querendo lhe vender a ideia de que você deve viver para o trabalho (sabemos que ainda não estamos na matrix… Assim esperamos!). E, também, não estamos dizendo que você deve fazer de seu local de trabalho um playground (talvez os seus funcionários e clientes não vejam isso com bons olhos).

O segredo está, justamente, no equilíbrio. E para encontrar esse equilíbrio, você precisa buscar o seu propósito de vida.

Referências interessantes que favorecem quem investe em propósitos

Uma pesquisa recente mostrou, que no Brasil há, hoje, uma média de 27 milhões de envolvidos em criação de negócios por conta própria. Esse pessoal é responsável por mais de 60 milhões de empregos formais e informais. Ou seja, os empreendedores como você vão ser a base do nosso país.

Apesar de se tratar de números que podem parecer assombrosos, eles apenas comprovam o fato de que cada vez mais pessoas vão em busca de seus propósitos, transformando seus sonhos em negócios, e transformando assim também a vida de outras pessoas e, enfim, da nossa sociedade.

Quando você decidiu abrir seu próprio negócio, fez pesquisas, plano de negócios etc, claramente notou a busca atual do mercado em alinhar seus empreendimentos com o que as pessoas acreditam. Caso não tenha notado de fato, basta olhar com mais atenção para os lados: você começará a enxergar que até mesmo os produtores de conteúdo do youtube trabalham dessa forma. Estamos vivendo a era do propósito.

Mas, como alcançamos essa era e como podemos realizar nossos propósitos vivendo essa era?

Pois bem, pensando em um contexto histórico, temos gerações que viveram sob ameaças iminentes: um mundo vivenciando uma economia extremamente instável, iminentes guerras entre grandes polos…

A população se via em uma situação onde todo mundo era arbitrariamente obrigado a se apegar com unhas e dentes a seus empregos (mesmo que não amassem fazer o que faziam neles).

Esse apego trazia o pseudo “viver feliz para sempre” em uma mesma posição, seja ela a posição de chefia ou de chão de fábrica. Você consegue se imaginar sendo plenamente realizado sem a possibilidade de um crescimento pessoal ou profissional? Pois é… Mas essa era a realidade.

Mediante a mágica do passar dos anos, a gente abriu caminhos e possibilidades de nos tornar exatamente o que quiséssemos, desde que colocássemos nossa bela face no mundo e buscássemos por nossas oportunidades. E é foi exatamente aqui, nesse momento da nossa pequena aulinha de história, que conseguimos unir nossos desejos pessoais com os profissionais.

Nesse cenário, as empresas também mudaram

Um exemplo clássico de mudança é que as empresas sempre tiveram sua missão, visão e valores bastante claros. Eles estavam lá, colados em paredes, estampados em folhetos ou publicados abertamente em sites e materiais da empresa.

Todos eram educados a aprender as missões, visões e valores de seus empregadores e nós, como empreendedores, nos víamos obrigados a “forçar” essas frases garganta abaixo de cada envolvido. A grande verdade é: essas frases sempre estiveram lá, mas nunca ninguém deu muita bola.

Já hoje em dia, essas palavras que regem nossas empresas não somente são notadas, mas, confrontadas com o que realmente acontece no dia a dia. Afinal, somos contra fake news e missões diferentes do real da empresa vão contra nossos valores mais íntimos.

Sendo assim, se, nos valores, você fala que sua empresa busca o zelo pelo meio ambiente, isso significa que suas ações devem condizer com essa verdade. Se sua fala envolve a ideia de que a missão de sua empresa é melhorar a qualidade de vida dos seus clientes, logo, seus produtos devem oferecer algo realmente impactante positivamente falando.

Conclusão

A tendência é que cada vez mais as pessoas (e as empresas) coloquem em primeiro lugar o seu bem-estar.

Nessa busca pelo propósito de vida, por aquilo que faz os seus olhos brilharem, as empresas deixam de tratar os funcionários apenas como números e passam a vê-los como pessoas reais, com necessidades, medos e prazeres reais.

Quando fazemos com propósito qualquer coisa que seja, os resultados são muito melhores, tanto no sentido palpável da coisa como na satisfação pessoal.

Vai dizer que não é maravilhoso viver/trabalhar/estudar aquilo que a gente gosta?

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100 WhatsApp: +31 97196-0369

 

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.co

 

 

 

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *