Conciliação Bancária

23 de junho de 2022 Conciliação Bancária
Compartilhe

A conciliação bancária é o tipo de tarefa que deve fazer parte da rotina de qualquer empresa. Essencial à saúde financeira do seu negócio, ela permite manter o controle sobre as contas da empresa, ajudando, da mesma forma, a detectar inconsistências.

Muitos gestores não dão a devida importância a tarefas financeiras como esta. No entanto, ela deveria estar no topo das rotinas financeiras de todo tipo de empresa, desde as micro até empresas de grande porte. 

A conciliação de contas é parte fundamental de um bom planejamento. Através dela é possível controlar gastos e ganhos da empresa, de forma a se ter uma visão geral do saldo das contas. E ter esse controle é vital para manter uma empresa funcionando bem.

Para você ter uma ideia, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 25% das empresas brasileiras fecham as portas por falta de planejamento. Sem o controle adequado das finanças, o resultado pode ser catastrófico. 

Por conhecermos a importância da conciliação bancária para qualquer empresa, trouxemos até você este artigo. Nossa intenção aqui é te ajudar a entender não apenas a importância desse processo no sucesso da sua empresa, mas também a fazê-lo da forma mais simples e objetiva possível.

O que é uma conciliação de contas?

 

A conciliação bancária faz parte dos processos de gestão financeira essenciais à vida de qualquer negócio. Nesse processo você faz a comparação entre as entradas e saídas que aparecem no seu extrato bancário e os dados do controle interno da empresa. 

Como sabemos, a parte financeira da empresa tem papel crucial no sucesso da mesma. Dessa forma, manter processos como este na rotina da empresa garante que a mesma siga em frente sem grandes problemas.

Dessa forma, é essencial contar com pessoas de confiança e organizadas para fazer estes apontamentos. Nesse sentido, vale a pena também apostar mais em softwares de gestão financeira, que facilitam estas anotações, diminuem as chances de erro e ainda por cima trazem facilidade na hora de gerar relatórios. Isso poupa a empresa, e também o profissional responsável por esse trabalho.

Por que fazer a conciliação bancária?

 

Comparar o fluxo de entrada e saída de valores do seu extrato bancário com o controle interno da empresa traz muitos benefícios. Fazendo essa comparação você consegue visualizar muitas coisas essenciais para a sua empresa.

  • Encontrar erros nos apontamentos internos. Todas as entradas e saídas de valores de uma empresa devem ser anotadas. Para isso você pode usar uma planilha do Excel, ou um software de gestão financeira. Ao comparar essas anotações com seu extrato bancário você verifica se tudo foi anotado de forma correta e nada ficou para trás. 
  • Identificar fraudes, valores não compensados ou mesmo compras canceladas. Outro ponto importante é você, através desta conciliação, poder perceber problemas mais sérios que apenas o esquecimento na hora de anotar a movimentação financeira internamente. 
  • Ter clareza sobre a situação financeira do seu negócio. Na hora da conciliação bancária você pode perceber, por exemplo, que tem menos (ou mais) saldo em conta do que pensava. 
  • Monitorar a entrada de vendas feitas com boletos e cartão de crédito ou débito. Quando você recebe pagamentos através desses meios, a única forma de conferir se esses valores realmente entraram é através da conciliação bancária. 
  • Ter mais facilidade na tomada de decisões. Ter os registros financeiros redondinhos dá ao gestor mais segurança na hora de tomar decisões que envolvam despesas. Se há inconsistência nos relatórios internos, os dados errados podem levar o gestor a tomar decisões erradas também.
  • Ter mais embasamento para a criação de um bom planejamento estratégico. Juntamente com os dados do fluxo de caixa e análise contábil, a conciliação bancária permite ao gestor a criação de um planejamento estratégico consistente. 

Qual a diferença entre a conciliação bancária e o fluxo de caixa?

Quando vemos os conceitos de conciliação bancária e fluxo de caixa, percebemos muitas semelhanças. Por isso, é comum fazer confusões na hora de se referir a estes processos. No entanto, eles possuem diferenças importantes. 

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um processo interno que consiste no registro diário de todos os pagamentos e recebimentos de uma empresa. Esse registro pode ser feito através de planilhas ou de softwares. Nós recomendamos o uso de softwares que facilitam os registros, diminuem os erros e ainda por cima geram relatórios de forma fácil e rápida. 

Para monitorar o fluxo de caixa de forma efetiva, você pode seguir alguns passos simples:

  1. Organize seus registros, dividindo-os em contas a pagar e a receber. Também é interessante separá-los por categorias, para facilitar a visualização de todos os tipos de valores que entram e saem da empresa – despesas fixas, impostos, empréstimos etc.
  2. Organize uma rotina para que os registros sejam feitos da forma que for mais adequada para sua empresa. Recomendamos o registro diário. 
  3. Use e abuse dos relatórios que permitem que você tenha um panorama mais completo das entradas e saídas. 
  4. Use softwares para esse tipo de registro. Acredite em nós, eles fazem uma grande diferença!

Conciliação bancária

 

Enquanto o fluxo de caixa se limita ao registro das entradas e saídas financeiras da empresa, a conciliação bancária faz uma checagem desses dados, comparando-os com o extrato bancário da conta da empresa. 

É como se fosse uma forma de passar a limpo os dados inseridos no fluxo de caixa e verificar se nada foi esquecido.

Como fazer uma conciliação contábil?

 

Conciliação contábil, conciliação financeira e conciliação bancária são termos normalmente usados para se referir à mesma tarefa. No entanto, a conciliação contábil vai um pouquinho além de comparar o fluxo financeiro diário de uma empresa.

A conciliação contábil visa ir um pouco além, fazendo comparações mais específicas como tributos, impostos, folha de pagamento, e outros.

Para fazê-la de forma eficaz você vai precisar:

  • Fazer um bom acompanhamento financeiro através de planilhas e relatórios;
  • Ter uma lista com todas as contas bancárias da empresa;
  • Definir um período de análise e cumpri-lo rigorosamente – diário, semanal, mensal etc.
  • Fazer a correção imediata de divergências, seja entrando em contato com o banco ou com seu escritório de contabilidade;
  • Enviar a análise ao seu corretor para que ele possa utilizá-la caso necessário.

Como fazer uma conciliação bancária 

 

Basicamente, há duas formas principais de se fazer a conciliação bancária de uma empresa: manualmente ou através de um software.

Quando uma empresa ainda é pequena, é possível fazer essa conciliação de forma manual, através de planilhas do Excel, por exemplo. No entanto, conforme sua empresa cresce, esse trabalho vai ficando cada vez mais difícil e passível de erros devido ao grande fluxo de informações que precisam ser inseridas. 

Para fazer uma boa conciliação bancária de forma manual, você precisará registrar diversos tipos de lançamentos em sua planilha, da forma mais organizada possível. Da mesma forma, precisa monitorar alguns itens específicos para poder incluí-los nessa conta:

  • Datas dos lançamentos x Datas previstas para o recebimento destes;
  • Descontos, juros, multas;
  • Impostos como IOF, tarifa e outros valores que incidam sobre as transações bancárias;
  • Pagamentos de salários;
  • Recebimento de valores de clientes;
  • Lançamentos não identificados;
  • Saldos bancários (início e fim).

Para fazer a conciliação bancária de forma efetiva, você precisará ter em sua mão o fluxo de caixa e o extrato bancário da empresa. Então, vai precisar checar se todos os valores e datas coincidem. Quando identificar algum erro, faça a correção imediatamente. Se você verificar que foi um erro interno da empresa, faça a correção. Caso perceba que foi um erro do banco, entre em contato imediatamente e solicite a correção. Não deixe para fazer correções depois.

O uso de planilhas, como as do Excel, por exemplo, ajudam muito a não errar cálculos quando necessário. Também permite que o serviço de conciliação seja feito mais rápido. No entanto, é um trabalho que depende exclusivamente do funcionário responsável e de uma organização extrema.

Dessa forma, voltamos a frisar que um software de gestão pode ser muito útil para você. Há softwares que fazem especificamente conciliações bancárias, baixando os dados do extrato e fazendo a comparação de forma automática. Quanto maior a sua empresa, maior a necessidade de automatização para evitar erros.

Como uma empresa do ramo contábil pode ajudar você na conciliação bancária

O contador é aquele profissional com o qual você vai precisar contar em todas as etapas de sua empresa, desde a abertura, até fusões, aquisições e outros. Ter um profissional exclusivo para cuidar da parte financeira do seu negócio pode custar caro. E ainda sim, você pode precisar dar conta de muitas tarefas.

No entanto, ser gestor vai muito além de cuidar da parte financeira de um negócio. Por isso é essencial ter a segurança de um profissional que faça toda a parte financeira para você.

É aí que entra a terceirização financeira. Com a terceirização você pode contar com a ajuda de profissionais altamente qualificados, que podem te ajudar em todos os passos da sua empresa. 

Na Previsa, por exemplo, oferecemos este tipo de serviço. Nosso intuito é te deixar livre para cuidar daquilo que mais importa: o core business do seu negócio. Nossa equipe possui profissionais capacitados para realizar todas as rotinas financeiras, contábeis e administrativas necessárias a fim de garantir que seu negócio voe. E o melhor: por um valor que cabe no seu bolso.

Resumo

Neste artigo trouxemos até você todos os pormenores sobre a conciliação bancária. Relembrando o que você viu até aqui:

  1. O que é uma conciliação de contas?
  2. Por que fazer a conciliação bancária?
  3. Qual a diferença entre a conciliação bancária e o fluxo de caixa?
  4. Como fazer uma conciliação contábil?
  5. Como fazer uma conciliação bancária
  6. Como uma empresa do ramo contábil pode ajudar você na conciliação bancária

Conte com um time de especialistas

Na Previsa, nosso time está sempre atento para buscar as melhores experiências e fornecer um atendimento personalizado desde o primeiro contato. Nossos profissionais, além de ampla experiência em relacionamento, são proativos, objetivos e estão altamente preparados para atender e encantar.

Fale com um de nossos consultores e descubra como também podemos ajudar a sua empresa a crescer!

Banner BPO
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *