Contabilidade de Custos: O que é?

17 de maio de 2019 Contabilidade de custos

Contabilidade de Custos: O que é?

A Contabilidade de Custo nada mais é que uma ramificação da contabilidade geral de uma empresa, porém, mais focada no estudo (realizado de forma racional) de todos os gastos. Ou seja, aqui, seu contador poderá informar se você está com gastos “saudáveis” para sua empresa (e até mesmo para você).

Confuso? Não fique! Continue lendo o presente artigo e traremos informações que irão clarear esse vale nebuloso que é manter gestão eficiente. Vamos lá?

Contabilidade de Custo tem uma visão mais racional

Bom, já sabemos (pelo primeiro parágrafo) que a Contabilidade de Custo tem uma visão mais racional (e crítica) dentro da sua gestão. Mas, não se trata de uma parte da contabilidade a ser temida. Na verdade, o objetivo, aqui, é fazer com que os gestores conheçam os valores envolvidos na produção e oferta de um serviço ou produto. Você, enquanto empreendedor, sabe o quanto essa informação é fundamental para uma gestão eficiente.

Pense assim: você produz algo. Pensamento tranquilo para um empresário. Mas, você sabe, exatamente, quanto isso custa? Tem uma ideia (mesmo que aproximada) das despesas envolvidas em todo o processo produtivo? Consegue me informar todos os pagamentos que realiza em sua empresa?

Se, em alguma dessas perguntas, você deu uma agarrada, não fique triste. São informações importantes, mas, muito complexas de manter frescas na memória. A contabilidade de custo é justamente o que vai manter você sempre atualizado para responder a essas e outras perguntas relacionadas à gestão financeira de seu ou de seus negócios. Ou seja, veja-a com bons olhos e aproveite seus benefícios!

Sua dúvida, agora, é como contabilizar? Simples também.

Para simplificar, é importante dizer que, assim como você, os empresários possuem um objetivo claro: o lucro. E a contabilidade de custos diz o que é preciso investir para se produzir algo, por quanto isso poderá ser vendido para se obter algum lucro e qual será esse lucro.

Basicamente, haverá um registro permanente dos valores de sua empresa (para a produção do que você oferece ao seu cliente). Aqui, é importante estabelecer que não importa se você produz um produto ou um serviço: o registro será feito da mesma forma.

Fazer a contabilidade de custo de sua organização, portanto, será a compreensão mais exata de onde estão e como se comportam os custos dentro dela. Assim, é necessário colocar no papel (ou no excel, ou no sistema utilizado) os gastos com matéria-prima, com funcionários, com fornecedores, energia, água, entre outros elementos, fundamentais para que o produto ou serviço que a sua empresa oferece ganhe o mercado e lhe traga os lucros e demais resultados que você espera.

Os passos para realizar os lançamentos

Primeiro passo

Seria listar todos os custos e despesas que sua empresa possui. Inclua tudo, desde a menor despesa até a mais “imponente”. Inserindo tudo nessa listagem, sua visão será mais abrangente. Lembrando que, os menores gastos fazem muita diferença em sua contabilidade.

Essa listagem será o seu suporte para a análise de “como arcar com as minhas despesas?”.

Segundo passo

Após ter a lista pronta, o próximo passo será determinar os seus custos diretos (que são aqueles que estão ligadinhos de forma íntima com a produção do produto – ou execução do serviço). São essas despesas que você precisa colocar no mercado.

Assim, é essencial elaborar uma nova lista, com esses custos, para que você possa dar continuidade de forma profissional.

Terceiro passo

Está com as duas listas prontas? Ótimo! Vamos, então, comparar seu custo direto com seu preço de venda. Isso será muito importante para que você entenda se está com gastos compatíveis com o retorno financeiro.

Dessa forma, a análise, aqui, deve ser feita com cautela e tem como objetivo auxiliar você a entender o seguinte: seu custo direto está sendo maior ou menor que seu preço de venda?

Quarto passo

O final dessa análise deve ter a seguinte conclusão: seu preço de venda é maior que seu custo direto. Se você alcançou essa conclusão, pode continuar com tranquilidade.

Porém, não se afobe, não! Continuar com tranquilidade não significa que sua contabilidade de custos está finalizada. Agora, você precisa analisar os seus custos indiretos (que são aqueles que não estão ligados à produção). Como exemplo, podemos pensar nas questões relativas ao marketing, à equipe de finanças, aos gestores etc – que não são extremamente (ou intimamente) necessários para que o que será vendido “nasça”.

Quinto passo

Podemos chamar os custos indiretos também de custos fixos, assim, sua análise será voltada para uma nova necessidade de sua contabilidade: a realização de um rateio desse custo dentro da sua empresa, para saber de onde será feita a retirada financeira que vai arcar com estes custos.

Chegando aqui, precisamos localizar o seu ponto de equilíbrio. Com base em tudo que foi analisado, cada etapa, cada lista, cada conclusão, podemos especificar de forma concreta qual será o preço que você poderá cobrar por aquilo que comercializa no mercado.

Porém, se, aqui, você ainda ver que está com dúvidas, meu caro, precisamos voltar lá no primeiro passo e refazer todas as etapas. O que não é ruim e é até muito importante! Essa ação evitará erros ao longo do processo. Não queremos errar, não é?!

Nossa última sugestão

Você é um empresário e que busca mais e mais sucesso no mercado. Para alcançar esse anseio, é muito importante que você seja íntimo de sua contabilidade. Seja parceiro do seu contador! Entenda (e busque sempre entender) como anda e como funciona a contabilidade de sua empresa! Acompanhar os processos financeiros de seu negócio é essencial para subir muitos degraus no mercado.

Temos acesso a muitos empresários deixando nas mãos de outras pessoas questões como essas e delegando responsabilidades. Isso não está incorreto! Primordialmente se você não tem conhecimento adequado de contabilidade. Mas, não se esqueça que você deve estar inserido no processo e que essa responsabilidade, de fato, também é sua.

É essencial contar com profissionais especializados em contabilidade, principalmente se você não tem esta habilidade, entretanto, é também fundamental acompanhar a saúde financeira de sua empresa, caso contrário o pior pode acontecer e você vai simplesmente ser pego de surpresa. Não permita que isso aconteça!

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99967-7662

 

Solicite um orçamento

Se tiver alguma dúvida, deixe aqui o seu comentário ou entre em contato conosco por meio do site: http://previsa.com.br/contato

Siga-nos também nas redes sociais e inscreva-se no nosso canal para ficar por dentro de todas as novidades do universo da contabilidade.

Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Twitter: https://twitter.com/previsa
Youtube – Descomplica Previsa: https://goo.gl/zepzly
Blog: http://previsa.co

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *