CONTABILIDADE PARA ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO VEICULAR: remuneração diretores, escrituração contábil e prestação de Contas

14 de maio de 2020 Associação de Proteção Veicular
Compartilhe

Contabilidade para Associação de Proteção Veicular: remuneração Diretores, escrituração contábil e prestação de Contas

Seja bem vindo! Como você bem deve ter notado no mercado atual (independente de COVID-19 ou não), nos últimos anos, as entidades do Terceiro Setor conquistaram um direito que há muito vinham pleiteando: remunerar seus dirigentes sem perder o gozo de benefícios fiscais. Isso significa: receita, saída de caixa, e sucesso no mercado e também, contabilidade para associação de proteção Veicular.

Como consequência da conquista, muitas dessas associações sem fins lucrativos apresentam dúvidas sobre a possibilidade de remuneração dos seus dirigentes, sejam eles estatutários (cujas atribuições são previstas no estatuto constitutivo) ou não estatutários (geralmente representados pelos gestores administrativos). E as dúvidas não param por aí: ainda temos questões pendentes acerca da escrituração contábil e de toda a prestação de contas do setor.

São dúvidas que você também carrega aí? Não se sinta só nesse mundo de entidades do Terceiro Setor! Separe nossos rotineiros minutos, relaxe e vamos conversar!

Por que não era permitida a remuneração de dirigentes?

A proibição de remunerar dirigentes sempre esteve presente na legislação tributária e na que rege as certificações concedidas pelo Poder Público, motivada pela má compreensão de que isso desconfiguraria o propósito sem fins lucrativos dessas organizações. Além disso, também estava por trás da limitação o entendimento de que o trabalho social deve ser necessariamente prestado de maneira desinteressada e voluntária.

Embora, a não distribuição do patrimônio seja um dos pilares constitutivos das organizações sem finalidade lucrativa, e ainda requisito essencial para a fruição das imunidades e isenções tributárias, a contraprestação pecuniária por um trabalho efetivamente desenvolvido nunca se adequou ao conceito de distribuição patrimonial.

Com o desenvolvimento principalmente das Associações de Proteção Veicular, e a necessidade de profissionalizar a gestão das organizações, a proibição passou a constituir um entrave cada vez maior, fazendo pouco ou nenhum sentido. Como consequência, muitas adotavam medidas alternativas pouco transparentes para driblar a limitação imposta pela lei.

Uma das mais comuns era, e ainda é, a eleição de uma diretoria estatutária voluntária, com pouca participação na vida da organização, e que delega suas funções para um gestor contratado e remunerado — na prática, esse sim o verdadeiro dirigente da entidade.

A evolução da remuneração no setor de Associações de Proteção Veicular

Neste contexto, a necessidade de remuneração dos dirigentes institucionais se tornou essencial para sua profissionalização. A Lei 12.686/2013, portanto, ao alterar a legislação tributária, permitiu que diretores estatutários e não estatutários fossem remunerados.

Em 2015, com a publicação da Lei 13.151, a legislação foi novamente alterada para acrescentar critérios no tocante à remuneração dos dirigentes: eles devem atuar efetivamente na gestão executiva, ou seja, devem participar da administração/gestão da instituição.

Além disso, seus salários devem respeitar como limite máximo os valores pagos na respectiva região de atuação da organização e a fixação desta remuneração deve ser realizada pelo órgão superior de deliberação da entidade (geralmente, pela Assembleia Geral ou Conselho Deliberativo nas associações e pelo Conselho Curador no caso das fundações).

Deste modo, diante da legislação federal vigente, é possível remunerar os dirigentes das organizações da sociedade civil, desde que respeitados os critérios previstos em lei.

Pré requisitos Estatutários e prerrogativas para a Remuneração de Diretores

Para que o gozo das prerrogativas instituídas pela legislação supracitada seja possível, faz-se necessária a adequação do estatuto da entidade de modo que haja a previsão de remuneração de dirigentes e diretores na forma da legislação supramencionada.

Uma vez registradas as alterações do Estatuto, a Associação poderá implementar a remuneração de dirigentes, respeitadas a estrutura decisória e as formalidades necessárias previstas estatutariamente ou em outros regramentos internos para modificações que impactam a folha de pagamento da entidade.

Escrituração contábil de pagamento a Diretores em Associações de Proteção Veicular

Pois bem, você já deve saber, mas, vamos te lembrar: a escrituração contábil é onde ficam registrados todos os fatos administrativos e econômicos que ocorreram desde o início do negócio. Deve ser feita de forma digital, e é importante que ela forneça de forma verdadeira e específica todas as informações necessárias para fazer o controle de patrimônio da empresa.

A realização desse procedimento contábil é obrigatória, pois somente a partir dela pode-se realizar outras técnicas contábeis, como demonstrativos e auditorias.  Além de ser obrigatória, a contabilidade da entidade é precedente fundamental para manter a isenção do imposto de renda pessoa jurídica.

Para a escrituração da contabilidade para associação de proteção Veicular, existem algumas exigências. A primeira delas é que seja desenvolvido por um profissional de contabilidade, depois disso existem várias outras normas a seguir. Para realizar a escrituração contábil de forma correta existem três determinações básicas. Elas são:

Formalidades internas

Essas falam sobre a escrituração de fato, da forma como deve ser escrita e desenvolvida. A escrituração deve obedecer um método de escrituração mercantil uniforme, em língua e moeda brasileiras, em rigorosa ordem cronológica, com individualização e clareza.

Livro Diário

Todas as operações que envolvam o patrimônio da empresa são registrados no livro diário, como transações e outras movimentações. É um livro dentro do SPED quando enviado a ECD ele tá lá dentro; Caso a entidade não se obrigue ao SPED pode fazer livro diário e registrar na junta comercial.

A Escrituração de contabilidade para associação de proteção Veicular

A entidade deve enviar o SPED ECD ou, dependendo, pode levar o livro digital diário a registro na junta comercial.Os fatos devem ser registrados integralmente, citando tudo que altere ou possam alterar o patrimônio da empresa. Este livro deve conter o tempo de abertura e encerramento, além de ser levado ao Registro do Comércio dentro do prazo previsto na legislação, sob pena de multa prevista no imposto de renda. Basicamente, cada lançamento no diário deve ter: local e data da operação; título da conta de débito; título da conta de crédito; histórico.

Como responsável por uma associação, você pode ficar muito tranquilo: sua escrituração contábil é simplificada e objetiva. A escrituração contábil se torna ainda mais complexa em função do volume de negócios e em função da necessidade de ter contabilidades separadas para as operações com os cooperados.

A prestação de contas também se mostra mais complicada e detalhada no caso das associações, são feitas através de demonstrativos simples para aprovação da assembleia geral e conselho fiscal, até mesmo auditorias externas e análises por parte dos órgãos de classe, em função do volume de negócios realizados com terceiros e o recolhimento de impostos diversos.

E aí? Conseguiu ter uma luz? Esperamos que sim! Mas, caso ainda tenha dúvidas, é só entrar em contato!

Saiba mais!

As particularidades da contabilidade das Associações

Como escolher uma contabilidade para Associação de Proteção Veicular?

Como abrir uma associação de proteção veicular

Ainda não possui um contador para chamar de seu? Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua associação. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

 

 

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *