Contabilidade para Buffet mostra como abrir seu negócio

30 de janeiro de 2020 Contabilidade para Buffet
Compartilhe

Contabilidade para Buffet mostra como abrir seu negócio

A ideia de empreender lhe parece ser o ideal? Isso é perfeito! A equipe Previsa fica muito feliz por saber que teremos um novo (e poderoso) empresário no mercado, até por que já entende bastante de contabilidade para buffett.

Como você chegou até o presente artigo, então, a ideia é que você está abrindo um buffet, certo? Então, pensando em te ajudar nessa nova empreitada, separados algumas dicas sobre as melhores formas de se abrir um empreendimento desse ramo. Vamos lá? Como de costume, separe alguns minutos de sua agenda e relaxe… Vamos conversar!

Em primeira instância, é importante entender como trabalha (usualmente) um negócio tipo o que você escolheu. Um buffet, em sua maioria, é entendido como um serviço de preparo e entrega de salgados, jantares, bebidas e outro quitutes, para eventos em geral, como festas, formaturas, reuniões sociais e de trabalho. Doces fazem parte do ramo de confeitaria e, via de regra, são encomendados pelos buffets a fornecedores.

Um ramo que requer constante planejamento

O segmento escolhido atende clientes cada dia mais exigentes, representados, de um lado, por quem está realizando um sonho e, de outro, pelo dinâmico mundo empresarial.

Pensando nisso, já podemos inserir, aqui, a importância máster de um bom planejamento para o seu futuro buffet – e um planejamento prévio para cada evento. Além disso, é relevante ter em mente que seus planejamentos devem ser compartilhados com o cliente que contratar seu serviço, para que o mesmo se sinta confortável e confiante junto ao serviço prestado por você.

Além disso, também com foco nas exigências do mercado atual, é importante prestar um serviço com excelência, execução impecável, ter cuidado com a contratação de pessoal (fixo ou terceirizado), ter o mesmo cuidado com fechamento de possíveis parcerias, observar com cautela as normas de higiene e segurança alimentar…

Ok… Entendido isso, vamos falar de negócios!

Você escolheu o mercado de buffet

Agora, o primeiro passo deve ser formalizar a sua empresa. Para isso, siga esse breve passo a passo:

Organização Societária e Regime tributário

Vamos pensar, aqui, que você já contratou uma equipe especializada para fazer essa parte com maestria por você, ok?! Mas, a ideia, é saber como enquadrar sua nova empresa. Na maioria dos casos, 99%, as pessoas estão a procurar de como montar uma ME ou EPP optantes do Simples Nacional, ou um MEI, micro empreendedor individual.

Quanto a tributação

Um fato que não é possível se eximir é que ao abrir um Buffet e começar a faturar ela terá que pagar impostos. E para calcular a tributação da companhia há vários regimes tributários que seu Buffet pode escolher anualmente. Para a correta escolha, sempre conte com a ajuda do seu contador. Os regimes tributários existentes são:

  • Lucro Real
  • Lucro Presumido
  • Simples Nacional
  • MEI

Quanto à organização societária da seu futuro Buffet, você pode encolher entre

  • Sociedade Limitada – LTDA;
  • Empresa Individual – EI;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – EIRELI.

Consulta de Viabilidade de localização

Nesse caso, precisamos pensar em sua localização. Geralmente, a escolha do cliente por buffets que oferecem espaços próprios para eventos advém de indicações ou da experiência proporcionada por uma degustação ou a participação anterior do cliente em evento oferecido pela empresa.

Ainda assim, a opção por bairros residenciais de classe média e média alta pode ajudar na atração das melhores oportunidades, bem como a escolha de local perto de escolas pode favorecer os buffets especializados em festas infantis.

A consulta de viabilidade de localização vai checar se o seu buffet pode funcionar naquele determinado endereço, levando em consideração as características do empreendimento, fazendo uma relação entre os CNAEs das atividades e o endereço escolhido. Nessa fase também é verificado se o nome empresarial pretendido está disponível para registro na Junta Comercial do seu Estado.

Documentação necessária para Abrir seu Buffet

Como regra, a documentação exigida é:

  • Capa do Processo;
  • Documentos de Identidade;
  • Instrumento de inscrição;
  • DARF / Taxa cobrada pela Junta Comercial;
  • DBE (Documento básico de entrada do CNPJ.

Protocolar na Junta Comercial do Estado

Caso esteja tudo em ordem, a empresa será registrada, as inscrições no CNPJ (da Receita Federal), CFDF ou Inscrição Estadual (da Secretaria de Fazenda) e o NIRE (da junta comercial) e a Inscrição Municipal (da prefeitura) serão gerados.

Licenciamento / Alvará de Funcionamento do Buffet

Pois é, os passos não acabaram! Dependendo das atividades da empresa pode ser necessário obter Licenças / Alvará de Funcionamento ou credenciamentos e inscrição em órgãos de classe para poder funcionar regularmente.

Principais Obrigações Legais de um Buffet

É importante fazer tudo dentro dos conformes. Por isso, saber como seu buffet deverá agir, dentro e padrões legais, é importante para já fazer seu planejamento. De uma forma geral, seu buffet deve:

  • Emitir notas fiscais;
  • Calcular corretamente os impostos;
  • Enviar as ditas “Obrigações Acessórias” ao governo (converse com seu contador);
  • Registrar seus funcionários;
  • Realizar escrituração contábil.

Conclusão

Achou complexo? Na verdade, não é tanto assim. O ideal é que todos esses passos sejam bem assessorados por uma contabilidade para buffet qualificada. Pense assim: de uma forma geral, um buffet possui muitas obrigações contábeis que precisam ser cumpridas no prazo e de maneira correta, evitando problemas como a cobrança de multas e juros pelo governo.

Em realidade, podemos dizer que os pequenos buffets nem sempre são capazes de manter uma equipe dedicada à contabilidade da empresa. Isso não os torna “inferiores” – o que ocorre, e que compreendemos, é que empresas menores possuem um orçamento um pouco mais limitado e, na maioria das situações, o tamanho e as metas da empresa inviabilizam a manutenção de uma contabilidade interna.

Nesses casos, para que o trabalho da área receba a atenção necessária sem comprometer o orçamento do buffet, nossa dica de ouro é contratar um escritório de contabilidade, que assumirá as operações da empresa.

Além de reduzir custos internos, a parceria com uma empresa de contabilidade também traz outros benefícios para seu buffet, tais como: Regularização e monitoramento do negócio fiscal, trabalhista e contábil; Otimização do planejamento financeiro e tributário; Suporte adequado para cumprimento das obrigações tributárias; Mais segurança e credibilidade para a empresa no mercado.

Ou seja, que tal entrar em contato e já priorizar o primeiro passo mais relevante: contratar um equipe contábil? Ficamos esperando!

Ah… E não deixe de compartilhar nossa conversa de hoje!

Ainda não possui uma contabilidade que entenda do seu segmento? Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua associação. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *