5 dicas da sua Contabilidade para produtora de eventos

30 de janeiro de 2020 Contabilidade para Produtora de Eventos
Compartilhe

5 dicas da sua Contabilidade para produtora de eventos

Você trabalha com eventos e anda tendo um pouco de dificuldades com a parte contábil? Fique tranquilo! Hoje, separamos 5 dicas básicas da sua Contabilidade para produtora de eventos, sobre impostos para manter seu negócio com uma vida regular e para manter suas noites de sono intactas e tranquilas.

Preparado? Então, separe os minutos regulares de sua agenda e relaxe… Vamos conversar!

DICA 1 – Considere, sempre, seu imposto como uma parte fixa de todo o seu custo

Parece uma dica boba, mas, muitos empresários do ramo de eventos não trabalham dessa forma (o que, a longo prazo, acaba resultando em dores de cabeça).

Primeiro, enquanto uma equipe contábil, nós sabemos que o imposto é sempre gerado (e pago) um mês após o faturamento – por exemplo, se estamos em fevereiro, isso significa que vamos recolher o imposto referente a janeiro, ok?!

Então, se acontecer um acaso dos céus e sua mente não considerar o seu imposto como um custo, o resultado pode vir a ser um pouco complexo para o pagamento posterior. Isso acontece porque, quando você for pagar o imposto, se não tiver provisionado, você acabará com a sensação de que está tirando aquele dinheiro do seu lucro… Ou seja: dor e sofrimento!

É importante que você saiba que não é bem assim que acontece: seu imposto é um custo real, que acontece todo mês, e deve ser pago como qualquer outra despesa.

DICA 2 – Contabilize de forma correta as despesas de sua produtora de eventos

Ao montar sua produtora de eventos, você pode vir a contratar uma outra empresa que fará seu processo de vendas de tickets do evento “x” – situação hipotética, meu caro – e, consequentemente, terá uma despesa envolvida, ok?!

É preciso contabilizar de forma correta os valores relativos ao recebimento que será um valor líquido.

A sua contabilidade deve ser feita avaliando que teve um faturamento total baseado no preço do ticket e consequentemente todos os valores que teve de despesa serão deduzidos do valor e o imposto deve ser deduzido sempre do valor cheio.

DICA 3 – Emita, sempre, a cada venda, uma nota fiscal

Sim… A gente sabe: estamos dando dicas que parecem óbvias. Mas, meu caro, o óbvio é muito particular.

Então, é importante colocar essa dica para você: você precisa emitir uma nota fiscal para cada venda realizada. Caso não emita nota fiscal para cada venda terá uma situação irregular.

A emissão de nota fiscal é necessária e obrigatória por lei e deve ser emitida principalmente para os clientes que contratem o serviço de produção.

Para realizar a emissão, via de regra, deve-se ter um CNPJ registrado e, para isso, deve haver o cadastramento em um dos modelos que citamos anteriormente (MEI, Simples, Lucro Presumido ou Lucro Real).

Num evento onde faz, por exemplo, 500 vendas, deve considerar que cada venda é destinada a uma pessoa que tem um CPF ou CNPJ diferente.

E quando não faz a emissão da nota fiscal deixa de dar a origem do fato gerador desse imposto e para que faça a tributação é preciso ter um documento fiscal.

Para facilitar a emissão destas notas fiscais é possível utilizar um processo de automação de emissão de notas. Pense assim, se, em um evento, você realizar 500 vendas, emitir 500 notas fiscais manualmente poderá ser um ato um pouco difícil – automatizando o processo, você terá menos probabilidade de falhas, maior segurança e, o mais lindo de tudo, maior agilidade no trabalho.

A nota fiscal será uma forma de considerar os impostos envolvidos em cada ação realizada – o que é um auxílio no processo de rever o imposto que envolveu o evento.

Essa é uma forma de enxergar a contabilidade com olhos mais carinhosos e de uma forma mais correta – o que manterá sua produtora de eventos regular.

DICA 4 – Fique atento aos encargos que são obrigatórios à sua produtora de eventos

Como se trata de um encargo que você deve considerar como um custo fixo, é importante que você tenha ciência do que realmente está pagando. Impostos como:

  • contratação de temporários;
  • encargos trabalhistas para os fixos que estejam contratados via CLT;
  • pagamento de impostos sobre rendimentos;
  • pagamento de taxa do registro como MEI ou da empresa (Simples, Lucro Presumido ou Lucro Real).

DICA 5 – Atente-se ao pagamento de cachês, quando for o caso

Para evitar dores de cabeça e possíveis constrangimentos posteriores, você deverá registrar em contrato o valor dos cachês combinado aos profissionais de seus eventos. Isso evitará, também, qualquer disparidade posterior.

E isso deve ser feito dentro dos parâmetros legais. Por exemplo, caso seja feito para Pessoa Física, deverá haver a emissão de recebido e o recolhimento dos tributos devidos. Se for feito contrato com Pessoa Jurídica, no documento, deve constar o recebedor como interveniente e haver vínculo empregatício com a empresa, bem como a emissão de nota fiscal.

Prontinho! 5 dicas que podem ajudar sua vida enquanto produtor de eventos. Agora, que tal um bônus? Vamos pensar, aqui, no que nós, enquanto profissionais contábeis, já vimos de erros gritantes em produtoras de eventos?! Vamos lá!

Ah… Tire esse momento para observar pequenos detalhes, além de conhecer alguns dos principais erros cometidos – para não repeti-los.

Os principais erros que já vimos foram

  • não ter um registro adequado das receitas, sejam recebimentos, sejam pagamentos;
  • não realizar o cadastro em um dos regimes jurídicos disponíveis (MEI, Simples, Lucro Presumido, Lucro Real);
  • não emitir recibo ou nota fiscal e, posteriormente, sofrer sanções por irregularidades fiscais;
  • não registrar em contrato detalhes como forma de pagamento e valores.

Prestar atenção aos detalhes que concernem à área de contabilidade de eventos é essencial para que se possa manter a saúde financeira da sua atuação profissional, seja de forma independente, seja formando uma empresa.

Lembrando que tudo que envolve encargos, gastos e recebimentos deve ser devidamente checado a fim de manter o controle financeiro no lugar, para não gastar mais do que deveria e, com isso, ter que realizar cortes posteriores. Ou seja: tudo é contabilidade!

Precisando de uma equipe para assessorar sua produtora nesse quesito? Então, entre em contato com a gente!

Ainda não possui uma contabilidade que entenda do seu segmento? Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua associação. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *