O futuro do Offload de dados no mercado de Telecomunicações

20 de abril de 2021O futuro do offload de dados

A tecnologia 5G, próxima geração de rede móvel de internet, está mais próxima dos brasileiros. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o edital que vai viabilizar o leilão da banda, e com isto a preocupação com Offload de dados.

A sucessora do 4G ainda não se tornou realidade no país, mas já está dividindo opiniões. Isso porque a estrutura da tecnologia oferece não só uma conexão mais rápida como, reduz consideravelmente a latência, que é o tempo de resposta de um site ou dispositivo após o comando, e garante centenas de conexões simultâneas com qualidade em uma mesma localidade.

E o que isso tem a ver com o futuro do Offload de dados? Alguns especialistas acreditam que, por permitir muitos acessos sem perda de velocidade, o sinal público de Wi-Fi, oferecido pelas Citizens Broadband Radio Service (CBRS), ficará obsoleto. Por sua vez, essas empresas alegam que o sistema Offload irá complementar o 5G.

A discussão sobre a utilização do serviço de Offloading iniciou após uma decisão da Anatel sobre as faixas que serão usadas. O órgão determinou que o espectro de 6 GHz, mais cobiçado pelos provedores, será destinado aos equipamentos que fornecem Wi-Fi, o que afasta a possibilidade da frequência ser usada para o 5G.

O que é Offload de dados

Se você ainda não está familiarizado com o termo, Offload é a transferência de dados entre dispositivos como forma de suprir o baixo potencial de arquivamento de informações. Nesse caso, de um equipamento com pouca capacidade de armazenamento para um ambiente com maior capacidade, possibilitando que esse mesmo equipamento receba os dados já processados.

Isso quer dizer que o Offloading de dados ocorre quando a rede móvel, seja ela 3G ou 4G, está saturada – quando tem muitos usuários simultâneos acessando a mesma rede – ou indisponível – o que acontece, por exemplo, quando o sinal cai.

Quando isso ocorre, o smartphone se conecta automaticamente à rede fixa via Wi-Fi que esteja disponível no local por meio de um aplicativo que gerencia o acesso e monitora a qualidade do sinal. Um bom exemplo são as conexões abertas oferecidas pelas prefeituras municipais em locais públicos.

O serviço é ofertado por empresas do tipo Mobile Virtual Network Operator (MVNO) e Mobile Network Operator (MNO), por meio de parcerias. Elas não possuem planos específicos para o usuário final.

Para entender mais sobre a discussão, vamos falar sobre a tecnologia de quinta de geração.

5G no Brasil

A quinta geração de rede de comunicação móvel é muito aguardada pelas operadoras e provedores de internet, que já vislumbram o aumento do lucro com a oferta de planos 5G. Além deles, os usuários também esperam ansiosos pela tecnologia, que promete mais velocidade de navegação.

De acordo com a Anatel, a conexão 5G possui diversas vantagens. O sinal de rede é mais estável, com menos oscilações, e a velocidade de navegação superior à atual 4G, podendo ser de 10 a 20 vezes mais rápida. Tudo isso permite, por exemplo, fazer o download de um filme em alta resolução em cerca de dois minutos.

Outra vantagem é que a tecnologia utiliza ondas milimétricas que, apesar de terem alcance menor, são mais consistentes e, por isso, apresentam menor latência. Cada célula, pequenas áreas geográficas que são divididas, disponibiliza o sinal por meio de uma antena local que emite ondas de rádio.

A expectativa é que, com o 5G, seja possível que mais de 1 milhão de aparelhos se conectem ao mesmo tempo por metro quadrado. Seria a solução para situações onde há muitos usuários conectados, como eventos de grande porte.

O 5G, que já está em uso em alguns países, como Coréia do Sul, Estados Unidos e Filipinas, veio para mudar a forma como vivemos. A tecnologia pretende criar uma realidade 2.0, na qual a Internet das Coisas (IoT) está presente em casa, na rua, no trabalho e onde mais tiver dispositivos conectados.

A tecnologia ainda irá permitir a conectividade dos aparelhos inteligentes, como dispositivos de segurança residencial, eletrodomésticos de última geração, entre outros. Ou seja, a Internet das Coisas vai avançar, automatizando não só as residências como toda a cidade com veículos autônomos, robôs, entre outros.

A intenção da Anatel é iniciar a comercialização do sinal de quinta geração de redes de comunicação móvel até meados de 2022.

O que dizem as operadoras e provedores

Ficou claro que a tecnologia 5G vai ampliar ainda mais o acesso à internet, seja por conexão sem fio ou banda larga. Mas, o que ainda não se pode prever, é se o Offload de dados será prejudicado ou receberá uma demanda ainda maior.

Para as operadoras móveis virtuais, fabricantes de equipamentos e provedores regionais, a oferta de redes públicas sem fio terão um aumento significativo, com o Wi-Fi aberto complementando os serviços de banda larga e 5G.

Para essas empresa, a novidade aprovada pela Anatel vem com uma boa notícia uma vez que, com maior disponibilidade de sinal para os usuários, as operadoras conseguiram economizar nos custos, além de melhorar a qualidade do serviço aos usuários.

De acordo com estudos da Cisco Brasil, cerca de 50% dos acessos à internet são realizados via Wi-Fi público. A projeção é que alcance 70% quando o acesso 5G for popularizado.

Do outro lado da discussão, as grandes prestadoras, que acreditam que o Offload de dados não será mais necessário, já que, ao ofertar tamanha velocidade, alcance e estabilidade, irá reduzir a necessidade dos usuários em utilizar sinal público de Wi-Fi.

Para a GSMA, entidade que representa as operadoras móveis, o fato da Anatel ter disponibilizado a banda 6 GHz para Offload, mostra que as tecnologias não se complementam, já que será preciso destinar faixas médias para a implementação do 5G.

Quer saber sobre Contabilidade para provedores de internet

Ainda não possui uma contabilidade para provedor de internet? Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua associação. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência de contabilidade para empresas de tecnologia.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *