Locadoras de equipamentos: o que fazer para não quebrar?

6 de janeiro de 2020 Locadora de Equipamentos: o que fazer para não quebrar
Compartilhe

Locadoras de equipamentos: o que fazer para não quebrar?

Empreender pode ser uma ótima alternativa para quem quer fugir do desemprego, ou ainda, pretende tirar do papel a empresa dos seus sonhos. Se o seu caso é esse e, ainda por cima, seu sonho está intimamente ligado ao ramo de aluguel de equipamentos, então, como somo somos contabilidade para locadoras de equipamentos, nossa conversa de hoje é exatamente contigo.

Sabemos que, mais do que montar uma locadora de equipamentos, você deve contar com estratégicas certas para manter as portas abertas – o que, especialmente em nosso país, se faz como um grande desafio. Além da burocracia, a alta carga tributária e a complexidade da legislação trabalhista são fatores que podem se transformar em um desafio para a prosperidade de sua locadora, especialmente se você ainda não tiver um conhecimento mais assertivo acerca das implicações práticas de cada um deles.

Pensando nisso, e com o intuito de evitar que sua locadora de equipamentos quebre e feche as portas precocemente, separamos algumas dicas importantíssimas que podem fazer a diferença para o futuro de sua locadora. Separe alguns minutos de sua agenda e relaxe… Vamos conversar!

DICA 1 – Controle seu fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta bastante simples de gestão. Mas, mesmo sendo algo simples, trata-se de uma ferramenta deveras importante.

A partir de uma análise e monitoramento constante e minucioso do fluxo de caixa, você consegue avaliar a situação financeira de sua locadora de equipamentos, tanto em uma visão do presente quanto em uma prospecção do futuro.

Controlando as entradas e saídas do caixa da sua locadora, é possível prever quais são os momentos críticos em que você deverá tomar certas atitudes visando a saúde financeira do seu negócio. Prevendo que o seu caixa ficará negativo no próximo mês, por exemplo, você pode analisar a viabilidade de um empréstimo, entre outras possibilidades.

Controlar o fluxo de caixa, é sem sombra de dúvidas, um hábito de empreendedores que não querem quebrar.

DICA 2 – Separe despesas pessoais de profissionais

Parece uma dica boba, mas, principalmente em locadoras que ainda estão nos seus primeiros dias de vida, muitos empresários deixam as contas pessoais “andando de mãos dadas” com as contas da locadora. Apesar de ser um erro tão comum, trata-se de um erro que pode levar sua locadora de equipamentos à falência.

Isso porque, quando você não diferencia as próprias contas das despesas do seu negócio, não há uma noção exata de dimensão de custos reais – o que acaba fazendo com que você perca um pouco a noção de suas retiradas.

Além disso, lembra da primeira dica? Se não há a possibilidade de analisar as contas em separado, como podemos analisar o fluxo de caixa de forma exata? Resultado: Catástrofe!

O caixa de sua locadora deve refletir todas as movimentações necessárias para que o negócio se torne sustentável. Caso contrário, toda a sua estrutura pode ser comprometida e, no pior cenário, pode até quebrar.

DICA 3 – Diferencie-se

Como já mencionamos antes, o ramo de aluguel de equipamentos está em constante ascensão. Um resultado para isso? A tão amada concorrência!

Muitos negócios acabam quebrando porque simplesmente são engolidos pela concorrência. Basta um produto mais inovador, ou um serviço mais eficiente. Aos poucos seus clientes vão migrando e sua locadora de equipamentos vai perdendo espaço no mercado. Manter um olho na concorrência e outro na inovação é praticamente uma obrigação de todo empreendedor que não quer perder clientes e competitividade.

Saber como se diferenciar é fundamental, especialmente se você não quiser perder sua principal fonte vitalidade do seu negócio: sua clientela. Para saber se diferenciar e inovar no mercado, procure ouvir seu cliente com atenção.

Muitos empreendedores erram tentando combater a concorrência, no entanto, as informações mais preciosas para a sua locadora, em geral, estão com seus clientes.

DICA 4 – Faça um planejamento tributário

Já comentamos um pouco sobre isso em nosso post anterior, mas, vale a pena ressaltar novamente. O planejamento tributário nada mais é do que um estudo que tem como finalidade otimizar a carga tributária.

A ideia é ir além de uma avaliação de enquadramento tributário – o estudo busca avaliar as possibilidades de elisão fiscal, ou seja, a possibilidade de adiar o pagamento de impostos garantindo maior fôlego financeiro para a sua locadora de equipamentos. Além de evitar que a sua locadora gaste excessivamente com impostos, o planejamento tributário traz um impacto positivo no orçamento, o que pode evitar que a sua locadora quebre.

Mas, aqui, vai além de “não quebrar”: com uma carga de impostos otimizada a sua locadora terá muito mais segurança para investir em estrutura e se desenvolver.

DICA 5 – Mantenha a contabilidade em dia

Mesmo que pareça, aos seus olhos, uma atividade de suporte, a verdade é que a contabilidade é de suma importância para garantir a saúde financeira de todo e qualquer negócio (incluindo o ramo de aluguel de equipamentos). Sendo assim, manter a contabilidade em dia significa evitar problemas com o fisco, multas, sanções e até problemas trabalhistas.

E não para por aí: ter a contabilidade de sua locadora de equipamentos em dia permitirá que pequenas questões não se transformem em grandes problemas no futuro, o que pode acarretar até na quebra da sua locadora.

Manter a sua contabilidade em dia deve ser feito, claramente, por um profissional da área. Acredite: ele fará com carinho, zelo, comprometimento e qualidade – garantindo que a sua locadora mantenha as portas abertas e vá além disso, trazendo lucro e sucesso.

Quebrar uma empresa é uma consequência causada por diversos fatores. Má administração, desorganização, falta de atenção com o mercado e com a concorrência são apenas alguns deles. Você deve estar atento à dinâmica do seu negócio tanto do ponto de vista interno quanto externo, especialmente se o seu objetivo é fazer com que a sua locadora de equipamentos prospere e seja sustentável.

E aí? Gostou das dicas de hoje? Deixe aqui nos comentários o que mais você faz para manter sua locadora de equipamentos lucrativa! E não deixe de compartilhar com seus amigos empreendedores o presente artigo!

Até a próxima!

Saiba mais:

Contabilidade para locadoras de equipamentos

Locadoras de equipamentos: o que fazer para não quebrar?

 

Ainda não possui um contador para chamar de seu? Tudo bem! Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua associação. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99954-0537

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *