Problemas que a terceirização do financeiro resolve

20 de agosto de 2021 Problemas que a terceirização do financeiro resolve
Compartilhe

Para se manter no mercado cada vez mais competitivo, é preciso que a empresa esteja bem estruturada. Isso inclui controle de qualidade quanto aos produtos e serviços, organização interna, planejamento estratégico bem definido e, claro, saúde financeira equilibrada. Mas nem sempre os empresários conseguem manter o controle que a terceirização do financeiro resolve.

Isso pode ocorrer por diversos motivos. Dentre eles, a dificuldade em gerir o setor financeiro, área que requer conhecimento, disciplina e organização para acompanhar, dia a dia, as movimentações que ocorrem na empresa. Inclusive, alguns empreendedores não desenvolvem essa habilidade, focando em ações práticas de crescimento.

Existe também aqueles que adiam a tomada de decisões para evitar desgastes ou poupar tempo que seria gasto com conferência de dados, essencial para ver a real situação da empresa. Com isso, identificam o problema, mas não se aprofundam para solucionar. Mas, não é porque o problema está escondido debaixo do tapete que ele não existe. Cedo ou tarde será preciso resolver.

Para esses empresários, e todos os outros que desejam mais controle do negócio, existe o BPO, modelo de gestão terceirizada. O serviço permite que o empreendedor demande as questões financeiras para profissionais especializados e, com isso, possa focar nas atividades principais da empresa.

Certamente, colocar as finanças nas mãos de terceiros gera um certo receio. Para isso, basta pesquisar antes de contratar uma contabilidade para gerenciar o setor. Ideal é optar por empresas idôneas, que possuem tempo de mercado e experiência.

Terceirização do financeiro requer participação do empresário

BPO é o meio mais seguro e eficiente de manter o setor financeiro organizado. Mas a transferência de responsabilidade não acontece de forma automática.

Por isso, antes de falar sobre os problemas que a terceirização pode resolver na sua empresa, é preciso dizer que, mesmo demandando a atividade para uma empresa especializada, o empresário ainda deve cumprir algumas obrigações.

Uma delas é repassar informações fidedignas. Para terceirizar é preciso que a área financeira tenha uma estrutura minimamente sistematizada, que possa gerar relatório de entrada e saída de caixa, controle de financiamento, entre outros. É importante repassar o material na íntegra.

Isso porque a contabilidade que irá gerir as contas precisa obter os dados completos para, só então, dar continuidade ao trabalho. Sempre bom lembrar que os profissionais não farão parte da equipe interna de colaboradores. Ou seja, eles não têm como saber o que se passa nas dependências da empresa.

Passar informação com erro fará com que a contabilidade realize o trabalho de forma equivocada, prejudicando o resultado final e, consequentemente, a saúde financeira da empresa.

Além disso, o empresário deve estar apto a leitura das análises apresentadas pela contabilidade, identificando possibilidades para que possa tomar decisões e implementar os projetos.

Problemas que serão resolvidos com a terceirização do financeiro

Como é possível perceber, o BPO não opera milagres. Toda a gestão do setor será realizada por uma equipe de especialistas, mas o empresário deve estar atento e contribuir com o trabalho.

Estabelecer essa parceria irá beneficiar a empresa em todos os aspectos, o que irá possibilitar colocar os planos e ação.

  • Planejamento ineficiente

Para crescer no mercado, toda empresa precisa ter um planejamento viável. Ou seja, metas realistas, baseadas em dados concretos e uma análise embasada. Não é possível, por exemplo, projetar a abertura de uma filial em um ano se o caixa da empresa está no vermelho e com as contas básicas para seu funcionamento atrasadas.

Claro que, mesmo nesse cenário, é possível elaborar um projeto de expansão. Porém, com a terceirização, a estratégia a ser adotada será determinada pela situação atual da empresa, índices de mercado e acompanhamento das finanças ao longo do tempo.

Ao terceirizar o setor financeiro, o empresário terá a certeza de que as decisões que envolvem risco serão minuciosamente analisadas, aumentando as chances de alcançar o objetivo sem sair do planejamento.

  • Administração falha

É possível dizer que o setor administrativo funciona como o cérebro da empresa. É a área que controla todas as operações e de onde parte todas as decisões que impactam os negócios. Apesar de estar no topo da hierarquia, o administrativo depende do aval do financeiro para executar projetos que envolvem verba.

Se não houver sincronia entre as áreas, não é possível manter o controle do caixa. No caso de compra de equipamento, por exemplo, mesmo se o administrativo aprovar a aquisição, é necessário que o financeiro informe a disponibilidade da verba e inclua o gasto na planilha. Caso contrário, haverá déficit e, com isso, a necessidade de reavaliar o planejamento para arcar com a compra.

  • Acesso limitado a softwares de gerenciamento

Há alguns anos, saímos da era da contabilidade manual. Atualmente, quase todas as movimentações financeiras passam por programas de computador dotados de inteligência artificial para interpretar os dados e gerar relatórios.  As informações são transmitidas via internet por meio de protocolos de segurança.

Mas investir em uma estrutura robusta custa caro. Para empresas pequenas então, é arriscado e oneroso. Contratar uma contabilidade especializada em terceirização do setor financeiro é ter acesso a toda essa tecnologia sem precisar gastar mais por isso. Inclusive, horas de leitura e aprendizagem, além de mensalidades que seriam gastas em curso de capacitação não serão necessários.

A terceirização é a garantia de que os dados estão sendo manipulados com softwares atualizados e com toda segurança necessária.

  • Alto custo com pessoal

Para formar um setor financeiro eficiente é necessário contratar uma equipe capacitada. A quantidade de colaboradores necessários depende de alguns fatores, como o tamanho da empresa e o nível de movimentação do fluxo de caixa.

Mas não é preciso ser um expert para saber que cada contratação significa o dobro do gasto. Isso porque é preciso arcar com encargos previdenciários, férias, 13º salário, benefícios, treinamentos, além do salário do profissional, que deve obedecer ao piso da categoria.

Ao contratar uma empresa contábil, o trabalho da equipe estará incluso no contrato, não sendo necessário se preocupar com gastos extras. Isso pode representar uma economia de, pelo menos, 50% ao mês.

Esperamos ter ajudado. Até a próxima!

Saiba mais sobre problemas que a terceirização do financeiro resolve?

Contabilidade Consultiva

Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua empresa. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100 WhatsApp: +31 97196-0369

Banner BPO
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *