Como montar uma empresa de desenvolvimento de software

17 de junho de 2021Empresa de desenvolvimento de software

O universo de empresa de desenvolvimento de software, dos aplicativos, programas de computador e a famosa Internet das Coisas não param de crescer. Todos os meses, diversos softwares são lançados, ampliando o rol de oportunidades e funcionalidades possíveis. Aparelhos celulares, televisores e até geladeiras precisam da tecnologia para oferecer serviços baseados na experiência do usuário.

Se existe lançamento, é porque o mercado de desenvolvedores de softwares está aquecido. E a tendência é que o ritmo aumente, fazendo crescer a procura por empresas que atuam no ramo.

Isso é que muitos profissionais da área estão fazendo, abrindo a própria empresa para atender às demandas por novos projetos. Se essa é a sua vontade, nós temos algumas dica de como montar uma empresa desenvolvedora de software.

Mercado de desenvolvedores de software

Atualmente, existem no Brasil cerca de 21.020 empresas no setor de Tecnologia da Informação. Elas são divididas em três categorias: desenvolvimento e produção de softwares (26,3%), distribuição e comercialização (32%) e prestação de serviços (41,7%).

Quanto ao porte, o mercado é liderado por micro e pequenas empresas, o que mostra que muitos empreendedores estão investindo no próprio negócio e sendo bem sucedidos. As microempresas representam 48,2% do mercado, seguida pelas de pequeno porte com 47,1%. Médias e grandes constituem 4,2% e 0,5% do setor respectivamente.

De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Software (Abes), o mercado de desenvolvedores de software está em franco crescimento no Brasil. No último levantamento, feito em 2019, o setor apresentou um avanço de 10,5%, maior que a média mundial. Naquele ano, as empresas foram responsáveis por movimentar mais de R$ 161 bilhões.

Como montar uma empresa?

Certamente, os números apresentados pela Abes são animadores e encorajam os empreendedores a criar uma empresa desenvolvedora de software. Mas, antes de registrar um CNPJ e começar a trabalhar, é necessário ter um planejamento organizado, com metas factíveis.

Para tanto, é preciso analisar alguns pontos importantes, que vamos listar abaixo:

Estrutura

Para começar uma empresa do zero não é preciso investir em aluguel de salas, mobiliário sofisticado e itens de decoração. O importante nesse momento é ter móveis confortáveis e um local com espaço suficiente para que os colaboradores – caso tenha – possam utilizar com comodidade e segurança.

Vale, inclusive, usar o quarto, a sala de casa ou mesmo a garagem, como fez o Steve Jobs, da Apple, e Larry Page e Sergey Brin, criadores do Google.

Maquinário

Diferente da estrutura física, o empreendedor deve dar atenção especial para as máquinas e equipamentos que vai utilizar. Por trabalhar com softwares pesados, é necessário investir em computadores de ponta que vão manter o funcionamento normalmente, independentemente da complexidade do projeto que está sendo desenvolvido.

Controle fiscal e financeiro

Mesmo que o empreendimento seja pequeno e composto somente do proprietário, é necessário manter as contas em dia. Como empresa, será preciso emitir nota fiscal dos serviços prestados, recolher impostos e taxas que incidem sobre os valores do documento, pagar fornecedores e ainda manter uma reserva de emergência.

Se considera a tarefa difícil, ideal é contratar uma empresa de contabilidade para gerenciar as questões fiscais e financeiras. Inclusive, com consultoria é possível poupar e ainda planejar a expansão da empresa em um futuro próximo.

Colaboradores

Por último, vamos falar do ativo mais importante que uma empresa pode ter, seus colaboradores. São eles que irão trazer os clientes e atuar para que estejam satisfeitos com os projetos desenvolvidos.

Se a empresa está começando agora não é preciso contratar um time completo. Os demais profissionais podem ser incorporados à medida que a companhia cresce. E as contratações são importantes, já que irão fortalecer a empresa e garantir que toda a demanda seja entregue no prazo necessário, incluindo as relacionadas às questões internas.

Aqui vai uma lista de profissionais que uma empresa de desenvolvimento de software precisa para se manter competitiva no mercado:

Analista de teste

Nenhum produto deve ser entregue ao cliente sem antes passar por esse profissional. Ele tem a importante função de garantir que o projeto está funcionando sem erros e que os requisitos demandados foram atendidos.

Comercial

Esse é o setor que irá prospectar clientes, oferecer condições especiais de acordo com as possibilidades da empresa e fechar contrato. Ou seja, são muito importantes para aumentar a cartela de projetos e, consequentemente, a lucratividade.

Comunicação e Marketing

Quem não é visto, não é lembrado. O profissional dessa área irá divulgar a empresa, suas ações, serviços e benefícios. Anúncios e propaganda também são de responsabilidade do setor de comunicação e marketing.

Desenvolvedor back-end

Sem esse profissional a empresa não consegue existir. Ele é responsável por estruturar os softwares, otimizar as funcionalidades e conectar o banco de dados que irá armazenas as informações necessárias para o programa funcionar.

Desenvolvedor front-end

Trabalha em conjunto com o back-end, atuando na experiência do usuário com o programa ou aplicativo. Ele que organiza a estrutura e desenvolve as páginas que serão acessadas.

Designer

Para o cliente, a interface do um aplicativo ou software é tão importante quanto suas funcionalidades. Por isso, é preciso ter um design para entender a demanda do cliente e transformar em uma aparência agradável e intuitiva.

Gerente de projetos

É o profissional que irá manter os projetos em dia, verificar o andamento dos processos e garantir que os prazos sejam cumpridos. Esse colaborador está em contato direto com o cliente e precisa ser ágil quanto a tomada de decisões.

Recursos Humanos

E quem vai atender às necessidades dos demais colaboradores? O responsável pelo RH. Controle de horas trabalhadas, previsão de férias, entre outros assuntos importantes para os funcionários passam pelo Recursos Humanos.

Suporte

Podemos dizer que a pessoa encarregada pelo suporte é também a responsável pela fidelização do cliente. O profissional atua resolvendo problemas pontuais e prestando assistência especializada.

Determinação, trabalho e organização são as chaves para transformar uma microempresa de garagem em uma gigante do setor de desenvolvimento de software. Basta que o empreendedor tenha foco e vontade de seguir com o planejamento.

Quer saber mais sobre empresa de desenvolvimento de software?

Contabilidade Consultiva

Vale do silício Brasileiro: os principais polos tecnológicos do Brasil

BPO FINANCEIRO: como reduzir custos com a terceirização do financeiro das empresas

Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua empresa de desenvolvimento de software. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *