Como conseguir empréstimo no Pronampe

29 de outubro de 2020 Como conseguir empréstimo no Pronampe
Compartilhe

Empreender é um sonho de muitos brasileiros. E grande parte deles embarcaram na aventura, como mostra um estudo realizado pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM). Segundo a pesquisa divulgada no primeiro semestre de 2020, cerca de 20% de toda a população brasileira desenvolveu, em 2019, algum tipo de empreendimento. E o que saber “como conseguir empréstimo no Pronampe” tem haver com isto? Vamos lá!

O fato é que todos foram pegos de surpresa pela pandemia do coronavírus, que obrigou muitos comerciantes e empresários a suspenderem as atividades da empresa por mais de quatro meses. Essa pausa forçada fez com que muitos tivessem que se reinventar para manter o negócio aberto. Outros perderam todo o investimento feito na empresa e acabaram fechando as portas.

Microempresas

No caso dos micro e pequenos empreendedores, o prejuízo foi ainda maior. Como alguns trabalham com uma margem menor de faturamento devido à natureza da atividade ou estavam utilizando o lucro para impulsionar o crescimento, a verba acabou sendo utilizada para pagar funcionários, matéria-prima, fornecedores e, claro, os impostos devidos à Receita Federal.

Para reduzir a taxa de encerramento de micro e pequenas empresas ou mesmo auxiliar os empreendedores a retomarem suas atividades, o Governo Federal criou o Programa de Apoio às Empresas de Porte Pequeno (Pronampe), que oferece empréstimo facilitado aos empreendedores.

O que é Pronampe

O Programa foi aprovado em maio de 2020 para facilitar o acesso ao crédito de micro e pequenas empresas atingidas pela crise econômica decorrente da pandemia. O projeto foi desenvolvido para que os empresários pudessem investir em capital de giro por meio da contratação de financiamento simplificado.

O Pronampe não é um projeto recente, ele foi instituído pela Lei Complementar nº 123, de 2006, justamente para fomentar a criação e dar incentivo às micro e pequenas empresas. Na época, diversas pessoas resolveram empreender e, percebendo a importância dos negócios de pequeno porte para a economia brasileira, o Governo resolveu oferecer auxílio financeiro para que pudessem prosperar.

Os créditos concedidos pelo Programa não podem ser usados para suprir todas as demandas financeiras da empresa. Os empresários podem destinar a verba para os seguintes fins:

  • Aquisição de maquinário e equipamento;
  • Realização de reformas;
  • Pagamento de funcionários;
  • Quitação de serviços essenciais, como água, luz e aluguel;
  • Compra de matéria-prima e mercadoria.

Até outubro de 2020, o Programa liberou mais de R$ 32 bilhões para financiamento. A previsão é que mais R$ 33 bilhões sejam destinados ao Pronampe. De acordo com levantamento da Receita Federal, mais de 465 mil empresas de porte micro ou pequeno já foram contempladas.

A quem se destina

Para conseguir o crédito de financiamento do Pronampe, as empresas devem obedecer a alguns critérios:

  • Ter faturamento anual de até R$ 360 mil, se for microempresa;
  • Ter faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, caso seja empresa de pequeno porte;
  • Estar em dia com as obrigações fiscais e tributárias.

Para solicitar, a empresa pode estar enquadrada ou não no regime tributário do Simples Nacional.

Importante informar que, caso a empresa esteja em débito, a instituição financeira poderá conceder um prazo para que a dívida seja quitada ao invés de negar o benefício. Entretanto, vai depender da análise dos dados e novo pedido de inclusão.

Como funciona

Para solicitar o financiamento, além fazer parte do grupo de empresas que se encaixam nos critérios acima, é preciso realizar um cadastro junto aos bancos conveniados para análise de crédito. Entre eles estão:

  • BMG;
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco do Nordeste do Brasil;
  • Itaú;
  • Bancoob;
  • Sicred;
  • Banco da Amazônia.

Como conseguir empréstimo no Pronampe

A análise de dados para a concessão é realizada pelas instituições bancárias por meio de informações fornecidas pela Receita Federal. O valor a ser disponibilizado varia de acordo com o faturamento anual que, nesse caso, deve ser sobre montante registrado em 2019. O limite é de 30% sobre a receita.

Para as empresas com menos de um ano de formação na data da contratação, a porcentagem pode variar de 50% do valor do capital inicial registrado em contrato ou 30% sobre a média da receita mensal, que deve ser apurada desde o início das atividades. Nesse caso, o empresário pode escolher a opção que melhor se encaixar no planejamento orçamentário do negócio.

Se uma microempresa tem faturamento anual de R$ 200 mil, o limite concedido será de até R$ 60 mil. No caso de uma empresa de pequeno porte, se a receita foi de R$ 800 mil, ela terá direito a financiar R$ 240 mil.

Através do portal e-CAC, disponível no site da Receita, é possível saber com antecedência o limite de crédito disponibilizado para sua empresa.

Os juros, considerados baixos diante dos praticados em empréstimos convencionais, são os mesmos para todas as micro e pequenas empresas. A taxa é de 1,25% ao ano, acrescido da Selic.

Já o prazo para quitar o financiamento é de até 36 meses. A primeira parcela é cobrada a partir do oitavo mês de contratação da linha de crédito. Além disso, a empresa pode utilizar 100% do Fundo Garantidor de Operações (FGO) para quitar as parcelas.

Restrições que interferem em como conseguir empréstimo no Pronampe

Ao contratar o Pronampe, os empresários deve seguir algumas poucas, mas rígidas, regras. Uma delas é quanto aos colaboradores. A empresa fica proibida de dispensar funcionários até 60 dias após o recebimento da última parcela do financiamento.

O quadro de funcionário é um dos dados que devem ser registrados ao solicitar a linha de crédito e deve ser o mesmo ao final do período descrito. Caso isso não ocorra, o vencimento das parcelas é automaticamente antecipado. Empresas condenadas por trabalho análogo à escravidão ou trabalho infantil não têm direito ao benefício.

Além disso, mesmo que a empresa não esteja registrando lucro, o crédito não poderá ser usado para pagar valores referentes a cotas de sócios.

Sua empresa precisa de uma ajuda nas finanças? Reúna a papelada e ele a um banco conveniado para análise de dados. Garanta a saúde financeira do seu negócio.

Quer saber mais sobre Como conseguir empréstimo no Pronampe?

Contabilidade Consultiva

Baixe o E-book  clicando  aqui!Pronampe

Que tal entrar em contato com a gente? A Equipe Previsa terá um imenso prazer em receber você e sua empresa. Ficamos te esperando!

Como trocar de contabilidade passo a passo

Sobre a PREVISA CONTABILIDADE

Criada há mais de 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  WhatsApp: 31 97196 0369

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *