Telecom: contratar um contador ou começar a empresa sem auxílio?

25 de fevereiro de 2019 Telecom
Compartilhe

Telecom: contratar um contador ou começar a empresa sem auxílio?

Então, você está abrindo uma empresa de Telecom. Parabéns! Trata-se de um passo de suma importância para autonomia financeira e você escolheu uma área em ascensão. Já cogitou a hipótese de contratar um contador para auxiliar nesse início tão importante? Não? Pois saiba que é ideal ter um profissional desse ao teu lado para analisar as particularidades de sua escolha.

Escolher um contador para auxiliar no momento de abertura da empresa pode parecer um ato trivial, mas, não é… E nem deve ser!

Antes da popularização da internet, consultar um profissional para auxiliar na abertura de sua empresa era PRIMORDIAL. Hoje em dia, após decidir abrir seu próprio negócio, alguns empreendedores apresentam as seguintes dúvidas: com toda a informação que consigo nos meios digitais, esse profissional é mesmo necessário? Quais seriam as principais necessidades do ponto de vista legal? E as vantagens de contratar um contador para acompanhar as atividades da empresa?

Dúvidas que você também está apresentando? Então, calma! Estamos aqui para solucionar um pouco de seus problemas e responder a essas questões mais “urgentes”. Vamos esclarecer, de forma fácil, suas dúvidas sobre a contabilidade da sua empresa.

Eu preciso de um contador para a minha empresa?

Primeiramente, sob a ótica dos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) responsáveis por fiscalizar os profissionais da área contábil, toda empresa precisa do acompanhamento e contabilização de sua movimentação por um contador que tenha registro junto a esse órgão. Mas, a primeira questão que você deve entender é que não há a necessidade de contratar um profissional que vai atuar na sua empresa. Você pode contratar uma assessoria contábil. É prático e sem vínculos empregatícios, uma vez que a assessoria que você escolher irá te fornecer todos os serviços de um contador, mas, de forma terceirizada.

Existe uma exceção a essa pequena “regra” que abrangem o MEI. Isso mesmo, se sua nova empresa for enquadrada como MEI (Microempreendedor individual), você pode não precisar (obrigatoriamente) de um profissional de contabilidade do seu lado. Dessa forma, se seu foco é empreender com instalações de redes de computadores, por meio do Microempreendedor Individual, você poderá gerar notas fiscais para pessoas físicas e jurídicas, e ampliar sua cartela de clientes. Isso tudo é ótimo, certo? Foi uma ótima decisão optar pelo MEI… E, de brinde, você não precisa de um contador… Bem… Não funciona tão bem assim.

Apesar da não obrigatoriedade, até mesmo para a sua futura empresa, enquadrada como MEI, é indicado que sejam utilizados os serviços de um profissional de contabilidade. Isso pode evitar erros de enquadramento e para não pagar impostos. Também para entender como funciona esta categoria e apresentar a Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-SIMEI). Deu uma “bugada” no cérebro? Calma! Um bom contador pode te auxiliar em todo o processo.

Segundo o Portal do Empreendedor, lar doce lar de muitas informações importantes para você que está abrindo uma empresa, como MEI, você está dispensado de contabilidade e não precisa da escrituração. Ou seja, não é necessária a contabilização de algum livro contábil. Além disso, é necessário que sejam guardadas as notas de compra de mercadorias, afinal, para ter sua empresa, exercer atividades de rede e circuito especializado e atender todos os seus clientes, é necessário que você adquira seu próprio maquinário. Também os documentos relacionados à contratação de funcionário (de acordo com a regulamentação, somente um funcionário pode ser contratado…. E você pode, claramente, precisar de um instalador para auxiliar). Você deverá, ainda, guardar os canhotos ou segundas vias das notas que forem emitidas. E há um parágrafo da Lei que indica que, para não ser tributado, você precisaria ter um contador. Logo… Melhor pensar um pouco mais sobre “agir sozinho”.

ebook TELECOM

Já virou parceiro de uma boa empresa de contabilidade?

É preciso ter a consciência de que, em um ambiente altamente regulamentando, como o de telecom, com uma grande influência de Normas, Leis e Regulamentações específicas, a orientação de um contador, desde o início do processo de abertura, torna-se de extrema importância para que não ocorram erros na própria constituição da sociedade da empresa (se for este o caso), no tipo de tributação escolhida ou ainda detalhes que abrangem os “primeiros passos” da sua empresa na esfera financeira. Mas, ainda persiste a pergunta: você precisa de um contador para abrir empresa efetivamente? Nós respondemos assertivamente: para o ato em si da abertura de empresa, não é necessário que seja um contador, porém é o mais indicado.

Como última narrativa no presente artigo, estabelecemos uma dúvida pertinente a diversos empreendedores (não somente de telecom): se, então, depois de ler tudo isso, você viu que não precisa de um contador… Por que contratar? Bem, de uma forma mais sucinta, mesmo no caso do MEI, orientamos a orientação de que seja consultado um profissional da área. Isso não somente na orientação legal relacionada à DASN-SIMEI, mas também a outros aspectos. Um contador pode auxiliar no entendimento e gestão de sua empresa. No caso das empresas que possuem a exigência legal para a contratação de um contador, este profissional também será de extrema importância em diversos aspectos, como questões tributárias, ligadas a recursos humanos, entre outras.

De uma forma geral, então, estabelecemos, aqui, que você tem o controle de todas as áreas possíveis à sua empresa no que tange telecomunicações (internet, telefonia, MDM, toda a gestão de telecom que você tem know how para trabalhar e fazer seu negócio decolar lindamente), porém, para o início de sua  empresa, pode faltar um traço importante: a ciência contábil. Isso, só o contador poder auxiliar com maestria! Tratando de uma ciência gerencial, visando a necessidade dos empresários que, como você, estão abrindo seu próprio negócio. Sendo assim, com a experiência e a vivência de um bom contador, sua empresa terá uma fonte importante de Consultoria Empresarial.

Chegou a hora de perguntar: você já virou parceiro de um bom contador? Apresentamos apenas alguns pontos em que ele poderá ajudar, mas, como os desafios do dia a dia são muitos… Então, fica a dica: tenha um contador e faça a contabilidade de sua empresa desde o início!

 

Fale com a Previsa

Entre em contato já! Podemos ajudar você hoje!

Solicite uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento:

www.previsa.com.br   +  31 3244-3100  Whatsapp: + 31 99967-7662

Leia também:

5 passos essenciais ao abrir empresa de Telecom

Telecom: contratar um contador ou começar a empresa sem auxílio?

Contabilidade especializada em Telecom X Contabilidade convencional: qual a melhor opção para sua empresa?

Como devo trabalhar SVA X SCM na minha empresa de Telecom?

Seleção de fornecedores: 8 critérios que vão ajudar a sua empresa de Telecom

 

Se você gostou deste artigo e quer saber como a Previsa Contabilidade também pode ajudar o seu negócio, entre em contato conosco.

Blog: http://previsa.com.br/blog
Facebook: https://www.facebook.com/previsacontabilidade
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCNnAbF8ms6SzsW6oxr9ufBw
Twitter: https://twitter.com/previsa

  Whatsapp: 55 31 99967-7662

Solicite um orçamento
Compartilhe

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *